O País – A verdade como notícia

Guterres diz que prioridade na Ucrânia deve ser a proteção de civis

Foto: UNAIDS

O secretário-geral da ONU, António Guterres, garantiu hoje que a “protecção dos civis” na Ucrânia “deve ser a prioridade número um”.

“O aumento do número de mortos” na invasão russa ao território ucraniano, com “imagens de medo, angústia e terror em todos os cantos da Ucrânia” é preocupante, escreveu Guterres numa mensagem difundida na rede social Twitter.

O secretário-geral da ONU anunciou, na quinta-feira, o envio imediato de 20 milhões de dólares como ajuda de emergência para a população civil afectada pelos combates na Ucrânia.

Numa breve declaração na sede da organização, António Guterres acrescentou que esta primeira ajuda, saída do Fundo de Emergência da Nações Unidas, será entregue “sem olhar quem são nem onde estão”, pois o pessoal da ONU “trabalha nos dois lados da linha de contacto, guiados sempre pelos princípios humanitários de neutralidade, imparcialidade, humanidade e independência”.

A Rússia lançou, na quinta-feira de madrugada, uma ofensiva militar no território da Ucrânia, com forças terrestres e bombardeamento de alvos em várias cidades, que já provocou pelo menos meia centena de mortos, dos quais 10 no território ucraniano, segundo Kiev.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos