O País – A verdade como notícia

Rússia invade Ucrânia e Zelensky pede que população não entre em pânico

F

O Ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE) da Ucrânia, Dmytro Kuleba, escreveu no Twitter que começou a “invasão em grande escala” da Ucrânia pela Rússia.

“Putin acaba de lançar uma invasão em larga escala da Ucrânia. Cidades ucranianas pacíficas estão em guerra. Esta é uma guerra de agressão. A Ucrânia irá defender-se e vencer. O mundo pode e deve deter Putin. O momento de agir é agora”, lê-se na rede social.

Por seu turno, o Presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky, confirmou que a Rússia está a atacar a “infra-estrutura militar” e os postos de fronteira ucranianos, e pediu à população que não entre em pânico.

Numa mensagem de vídeo no Facebook, após o início da operação militar russa contra a Ucrânia, Zelensky decretou a lei marcial em todo o país e disse que conversou por telefone com o Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, escreve a imprensa internacional.

Ontem, o Presidente russo, Vladimir Putin, anunciou uma operação militar na Ucrânia para defender os separatistas no leste do país.

“Tomei a decisão de optar por uma operação militar”, declarou Putin, numa declaração televisiva. Na mensagem, o Chefe de Estado russo pediu aos militares ucranianos que “deponham as armas”, garantindo que o seu objectivo não é “a ocupação”, mas sim a “desmilitarização” do país.

Além disso, avisou que qualquer país que tente interferir na operação militar terá “consequências nunca antes vistas”.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos