O País – A verdade como notícia

Zuma pede a tribunais para reconsiderarem sentença

O ex-presidente sul-africano, Jacob Zuma, pediu, ontem, aos tribunais para reconsiderarem a sentença de 15 meses de prisão, imposta esta semana pelo Tribunal Constitucional, por não ter cumprido as citações judiciais que o obrigavam a testemunhar em investigações.

A equipa jurídica do antigo Chefe de Estado apresentou um requerimento junto do Tribunal Constitucional da África do Sul em que solicita a cessão da sentença que o obriga a entregar-se à polícia antes do próximo domingo.

“São o meu estado de saúde instável e a minha vida que estão a ser ameaçados por esta ordem de detenção”, refere o documento enviado por Zuma ao Tribunal Constitucional, segundo um texto recolhido pelo portal noticioso News24, citado pelo Notícias ao Minuto.

Esta recente tentativa de Zuma para evitar a prisão contrasta com a postura desafiante que tomou nos últimos meses contra o poder judicial sul-africano.

Se Jacob Zuma não se render às autoridades até domingo, a polícia ficou intimada a prendê-lo, tendo três dias para o fazer e a conduzi-lo a uma prisão onde cumprirá os 15 meses de prisão efectiva.

Lembre-se que o Tribunal Constitucional sul-africano condenou, na terça-feira, Jacob Zuma, de 79 anos, a 15 meses de prisão por recusar repetidamente cumprir a citação que lhe exigia o testemunho em investigações de actos de corrupção que o envolvem.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos