O País – A verdade como notícia

Zandamela defende diversificação do investimento directo estrangeiro

Rogério Zandamela considera que o país tem o desafio de diversificar os projectos que se beneficiam pelo investimento directo estrangeiro, porque, na forma como estão a ser implementados, não geraram a transformação económica desejada.

O governador do Banco Central falava, esta sexta-feira, durante a aula inaugural na Universidade Pedagógica. Zandamela falou dos desafios que o país tem na exploração e redistribuição dos recursos naturais não renováveis. De 2010-2017, cerca de 69% do investimento directo estrangeiro no país foi para a indústria extractiva. Facto que na visão de Zandamela deve ser alterado.

Rogério Zandamela diz ser pertinente que os tomadores de decisão implementem reformas que beneficiem o ambiente de negócios e não tenham medo de tomar medidas.

Aos jovens, deixou o desafio de serem mais intervenientes no debate sobre a gestão da riqueza proveniente da exploração dos recursos naturais.

Esta foi a primeira aula inaugural proferida por Rogério Zandamela, numa instituição de ensino moçambicana e foi assistida pelo corpo docente, estudantes e o corpo técnico administrativo.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos