O País – A verdade como notícia

Zambézia privilegia inscrição de contribuintes para o INSS porta-a-porta

Foto: INSS

Brigadas constituídas por técnicos do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), na província da Zambézia, estão a levar a cabo, com a duração de um mês, uma campanha de inscrição de contribuintes para o Sistema de Segurança Social, com recurso a modelos extraordinários, como é o caso de contactos porta-a-porta, assim como contactos ao longo das artérias das cidades e vilas.

Trata-se de um modelo inovador e que aproxima aos potenciais abrangidos, tal como garantiu o delegado provincial do INSS na Zambézia, Paulo Majacunene, após ter liderado, pessoalmente, uma das brigadas. O delegado visitou a oficina de reparação de viaturas Chamaúne, onde interagiu com um grupo de 25 trabalhadores, incluindo jovens, a quem encorajou a seguir o espírito empreendedor, como forma de resolver o problema de desemprego.

Entretanto, disse que, esse processo deve ser acompanhado com a componente social, em termos de preparação do futuro e, sobretudo, após a sua aposentação, sendo a contribuição para a segurança social o caminho ideal para o efeito.

O trabalho do campo, que está a ser realizado pelas equipas de técnicos da Delegação provincial do INSS na Zambézia, a nível dos distritos e nas cidades, consiste na interpelação de contribuintes porta-a-porta, ou seja, nos seus locais de trabalho, na verificação da inscrição dos contribuintes e beneficiários, bem como a comparação da relação nominal dos contribuintes com a declaração do INSS.

A interacção entre as brigadas e os potenciais contribuintes e os trabalhadores por conta própria visa proporcionar uma oportunidade para estes se inscreverem no sistema, dado que alguns alegam, entre outros factores, não poderem o fazer por falta de tempo, bem como para não pararem com o seu negócio para se deslocarem ao INSS.

Aos inscritos, as equipas técnicas têm aconselhado a canalização das contribuições ao sistema de segurança social regularmente, de modo a manter em dia os seus direitos e benefícios, previstos no regulamento da segurança social obrigatória.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos