O País – A verdade como notícia

Xiquitsi volta ao palco para abertura da temporada 2022

A primeira série de concertos da Temporada de Música Clássica – Xiquitsi, organizada pela Associação Kulungwana, realiza-se, nos dias 24 e 25 deste mês. A abertura da temporada, com efeito, será às 19h desta quinta-feira, no Teatro Avenida, na Cidade de Maputo.

Segundo Xiquitsi, para o primeiro dia da série inaugural de concertos estão programadas obras emblemáticas, que serão interpretadas pelos instrumentistas Josef Spacek – violino, Miroslav Sekera – piano, Maya Egashira – viola d´arco, e Ensemble Xiquitsi.

Quanto ao segundo dia, avança a nota de imprensa do Xiquitsi, a noite clássica será protagonizada pelos instrumentistas Raquel Cravino – violino, Ekaterina James – violino, Ainoã Cruz – violino, Moisés Cossa – violino, Maya Egashira – viola d’arco, David Pinoit – violoncelo, Mariechen Meyer – contrabaixo, Paulo Pacheco – piano, e Ensemble Xiquitsi.

Quer isto dizer que, na abertura, a Temporada de Música Clássica – Xiquitsi vai “proporcionar duas noites memoráveis e alimentar os amantes da música erudita como tem sempre feito”, garante a organização, acrescentando: “Desde a sua criação, o Xiquitsi é palco marcante de inserção social, aprendizagem e socialização, onde crianças, adolescentes e jovens iniciam o percurso no mundo da música. Este percurso tem sido possível com a colaboração de artistas de vários países, como África do Sul, Alemanha, Argentina, Brasil, China, Espanha, Finlândia, França, Inglaterra, Israel, Japão, Noruega, Portugal, Suécia, Uruguai e Venezuela, que ajudam a tornar o projecto bastante versátil”.

Ao palco do Xiquitsi, ao longo das temporadas, subiram vários autores nacionais. Entre eles, os irmãos Willy e Aníbal, Banda Kakana, Gabriel Chiau, Hortêncio Langa, Deltino Guerreiro, Stewart Sukuma, Dilon Djindji, Xixel Langa e Lenna Bahule, na última temporada.

“No mesmo espírito criativo, Xiquitsi orquestrou músicas de grandes escritores moçambicanos e de língua portuguesa, nomeadamente, Paulina Chiziane e Mia Couto, e usou a voz de Calane da Silva para cantar poesia”, lê-se na nota de imprensa.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos