O País – A verdade como notícia

Wydad conquista Champions africana 25 anos depois

Numa final inédita na Liga dos Campeões Africanos, os marroquinos do Wydad Casablanca bateram os egípcios do Al Ahly por 1-0 na 2.ª mão (1-1 na 1.ª mão em Alexandria) e celebraram a conquista do segundo troféu, quebrando um jejum de 25 depois da primeira vitória da sua história.

O jejum de 25 anos foi ao chão, e mais de 60 mil pessoas viram isso acontecer no Estádio Mohamed V.

Um golo solitário de El Karti, aos 70 minutos, deu o triunfo à equipa de Lhoussaine Ammouta, deixando Casablanca em delírio e vários jogadores do Al Ahly em lágrimas no final do encontro.

Frente ao clube mais titulado na competição – o Al Ahly tem 8 troféus e metade foi conquistada sob o comando do técnico português Manuel José –, o Wydad Casablanca (também conhecido por WAC Casablanca) jogou aberto, à procura do golo que o tranquilizasse.

Mas os calafrios que sentiu durante a primeira parte, sobretudo a clara ocasião (33’) em que Zakaria se isolou mas permitiu a defesa do guardião marroquino Laaroubi, levou Lhoussaine Ammouta a mudar o esquema tático após o intervalo. E, assim, o Wydad não permitiu mais veleidades à equipa egípcia, que procurava o 9.º troféu da sua história e o 7.º no novo milénio.

O golo de El Karti confirmou a quebra de um jejum que durava desde 1992 – na altura, o Wydad superou os sauditas do Al Hilal (2-0 e 0-0).

Assim, o Wydad disputará o Mundial de Clubes em dezembro, defrontando os mexicanos do Pachuca nos ‘quartos’ de uma prova onde estará o Real Madrid, de Cristiano Ronaldo. "Foi uma vitória incrível e os meus jogadores estão de parabéns", disse o técnico Lhoussaine Ammouta.
Esse foi apenas o segundo título do Wydad Casablanca, e o sexto da história do Marrocos.

Os outros clubes marroquinos campeões da Champions da África foram Raja Casablanca (1989, 1997 e 1999) e FAR Rabat (1985).

Côte d´Ivoire convoca 25 jogadores para defrontar Marrocos em eliminatórias de Mundial

O selecionador belga da equipa nacional de futebol da Côte d'Ivoire, Marc Wilmots, divulgou uma lista de 25 jogadores selecionados o jogo contra  Marrocos, a 11 de novembro próximo, em Abidjan, durante a sexta e última jornada das eliminatórias do Mundial de 2018, na Rússia.

A Côte d'Ivoire e Marrocos vão jogar a sua qualificação durante este jogo decisivo.

Marrocos, líder do grupo, necessita apenas de um empate para se qualificar para o Mundial do próximo ano.

A Côte d'Ivoire participou nos Mundiais de 2006 (Alemanha), 2010 na África África do Sul e 2014 no Brasil.

Marrocos esteve presente nos Mundiais de 1970 e de 1986 no México, de 1994 nos Estados Unidos e de 1998 em França.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos