O País – A verdade como notícia

Witi: “Vou dar o meu melhor para poder ajudar o Nacional a fazer uma boa época”

O Nacional da Madeira, clube onde evolui o internacional moçambicano Witi Quembo, regressou no passado dia 29 de Julho aos trabalhos – com os habituais exames médicos e físicos – para preparar o retorno à I Liga portuguesa de futebol. Witi mostra-se optimista quanto ao sucesso da equipa insular na temporada que arranca a 20 de Setembro.

 

Trabalhar, trabalhar e trabalhar cada vez mais para manter ou mesmo elevar o nível competitivo apresentado nas últimas temporadas, com realce para a 2019-2020 na qual foi indicado pela plataforma “Transfermaket” como um dos 11 jogadores mais valiosos da Liga Pro.

Este é o objectivo de Witi Quembo, internacional moçambicano que já se afirmou no Nacional da Madeira, chegando mesmo a ser associado no passado ao Alavés da Espanha.

Com 21 jogos contabilizados numa época atípica, interrompida abruptamente devido à pandemia da Covid-19, Witi apresenta-se como um dos grandes valores de uma equipa que quer fazer uma temporada tranquila no regresso à Liga Nos.

“Podem esperar o mesmo Witi de sempre que dá o seu melhor em campo para poder ajudar o clube a fazer uma boa época. O meu objectivo é definido consoante o foco do clube. E, ao nível individual, irei claramente dar o meu melhor para estar a um bom nível e ajudar os meus colegas e o clube a alcançar os seus objectivos”, notou o esquerdino.

Familiarizado com a filosofia de trabalho de Luís Freire, treinador que em Maio sucedeu a Costinha no clube insular, Witi aponta para o sucesso. Aliás, Witi refere que o grupo de trabalho conhece muito bem a filosofia do jovem técnico português de 33 anos.

“Esta fase tem sido bom para nós porque já conhecemos o treinador. Já sabemos como ele trabalha. Sentimo-nos confortáveis com a sua cultura e filosofia de trabalho. Isso vai ajudar bastante os jogadores.  Vai ajudar igualmente aos novos colegas para que tenhamos um grupo mais unido e coeso”, ajuntou o internacional moçambicano.

O esquerdino, que em Maio último renovou o seu contrato com o Nacional por mais quatro anos, ou seja, até 2024, diz que os atletas estão bastantes motivados para colocar o clube insular na rota das vitórias.

A primeira de preparação do conjunto de Witi fase decorrerá no complexo desportivo do clube. Posteriormente, está prevista a realização de um estágio, que decorrerá em Portugal continental.

“Para ja, a preparação da temporada está a correr bem. Temos tido treinos bidiários e estamos muito motivados por regressarmos à Liga Nos. Estamos todos a dar o nosso máximo nos treinos, pois queremos entrar bem. Estamos focados nos nossos objectivos”.

Entretanto, o  Nacional anunciou a contratação de Larry Azouni, médio tunisino, de 26 anos, que assinou com o clube insular um contrato válido por três temporadas.

Formado no Marselha, Azouni passou ainda pelo Lorient e pelo Nimes antes de ingressar no Kortrijk, clube belga que representou nas três últimas temporadas. Conta com dez jogos disputados pela seleção da Tunísia.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos