O País – A verdade como notícia

Volume de carga no porto de Maputo aumenta em 22 por cento

O Porto de Maputo aumentou em 22 por cento o volume de manuseamento de carga em 2017. O aumento do volume de carga foi influenciado pela dragagem na infraestrutura concluída em Janeiro do ano passado.

Em 2016 o Porto de Maputo manuseou 14.9 milhões de toneladas e no ano passado 18.2 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 22 por cento no volume de manuseamento de carga.

Segundo um comunicado da Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo (MPDC) este aumento deveu-se em grande parte pelo aumento da profundidade do porto de 11 metros para 14.2 metros.

“A dragagem permitiu um aumento de 40 por cento da capacidade de carga em Maputo e de 55 por cento da capacidade de carga na Matola”, afirmou o Director Executivo Osório Lucas.

Quanto ao manuseamento de carga por via ferroviária, no ano passado verificou-se uma tendência crescente.

“O volume ferroviário da principal carga manuseada pelo porto de Maputo, ferrocrómio e crómio, cresceu em quase 100 por cento (de 411.000 toneladas em 2016 para quase 1 milhão em 2017)”, lê-se no comunicado.
Para 2018, o MPDC adianta ainda que, no segundo trimestre, vai reabilitar os cais 6,7,8 e 9 para permitir a recepção de navios de maior calado.

A empresa gestora do Porto de Maputo pretende desenvolver mais projectos com vista responder a demanda do mercado regional e aumentar as quantidades de carga manuseadas. A empresa tem por objectivo manusear 30 milhões de toneladas até ao final da concessão.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos