O País – A verdade como notícia

Vladimir Putin diz que Skripal era um traidor da pátria

O presidente russo, Vladimir Putin, apelidou o antigo espião Serguei Skripal de "escória", acusando-o de ser um traidor da pátria.

“Os seus colegas dos media estão a tentar impor uma ideia de que o senhor Skripal é algum tipo de activista de direitos. Ele é apenas um espião. Um traidor da pátria. Existe uma coisa dessas – ser-se um traidor da pátria”, disse Putin citado pela Euronews.

Serguei Skripal e a filha Yulia foram envenenados em março em Salisbury, na Inglaterra, com Novichok, um agente neurotóxico.

As autoridades britânicas acusaram o Kremlin de estar envolvido no envenenamento, dando início a uma crise diplomática entre Moscovo e o Ocidente.

O Governo de Putin desmente qualquer envolvimento e denunciou uma manipulação da informação por parte dos media.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos