O País – A verdade como notícia

Vítimas do Kenneth pedem apoio para acelerar construção das suas casas

Em Cabo Delgado, as vítimas do ciclone Kenneth que ainda encontram-se no Centro de acomodação no distrito de Metuge, estão a sofrer com calor e frio, e pedem apoio para acelerar o processo de construção das suas casas.

Calor durante o dia, frio durante noite e falta de privacidade, são alguns dos problemas enfrentados por cerca de 140 famílias vítimas do ciclone Kenneth desalojados da aldeia Nanjua, que ainda vivem no centro de acomodação de Tratara no distrito de Metuge, na zona centro da província de Cabo Delgado.

A construção das suas casas, na maior parte das vítimas ainda está no processo de desbravamento do local de reassentamento.

“Ainda não mudamos daqui porque não conseguimos limpar o terreno que fomos dados pelo governo”.

No Centro de acomodação de Tratara, vivem cerca de 600 pessoas, na sua maioria crianças.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos