O País – A verdade como notícia

Violações e assassinatos aumentam em 60% na África do Sul

Foto: Universo Notícias

As violações e assassinatos na vizinha África do Sul aumentaram cerca de 60% durante o segundo trimestre do ano em curso, comparativamente ao igual período de 2020 quando o país se encontrava num estado de confinamento devido à COVID-19.

Segundo avançaram as autoridades sul-africanas, só no período entre Abril e Junho, foram registadas, pelo menos, 10 mil violações e 5.700 assassinatos.

Apesar do aumento de 60% face ao igual período de 2020, quando comparado com o mesmo período de 2019, o aumento das violações e assassinatos é de um porcento.

Por seu turno, o ministro da Polícia sul-africana, Bheki Cele, citado pela Angop, diz que os dados anunciados não reflectem, na íntegra, a realidade, por se tratar de uma comparação feita num período anormal devido ao confinamento decorrente da pandemia da COVID-19.

Entre 2019 e 2020, o país registou mais de 21.000 casos, um aumento de 1,4% face ao ano anterior. As autoridades dizem que as discussões, mal-entendidos e raiva ao volante são as principais razões das violações e assassinatos naquele país.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos