O País – A verdade como notícia

Vice-presidente do Afeganistão diz ser Presidente legítimo e promete batalha

Após a tomada de Cabul pelos talibãs, no último domingo, o Vice-presidente deposto do Afeganistão, Amrullah Saleh, declarou-se ontem Presidente legítimo do país, devido à fuga do antigo Chefe de Estado, e prometeu não submeter-se ao grupo.

“Segundo a Constituição afegã, em caso de ausência, fuga, demissão ou morte do Presidente, o primeiro Vice-presidente torna-se o Presidente em Exercício. Estou actualmente no meu país e sou o Presidente em Exercício legítimo. Apelo a todos os líderes para apoio e consenso”, disse Amrullah Saleh em defesa do seu título, citado pelo Notícias ao Minuto.

O Vice-presidente vai mais fundo afirmando que não vai decepcionar as pessoas que lhe ouviram. Por isso, “nunca estarei sob o mesmo tecto que os talibãs”, afirmou o dirigente deposto.

De acordo com o Notícias ao Minuto, existe uma probabilidade de Amrullah Saleh e Ahmad Massoud estarem a lançar as bases do que seria uma rebelião contra o novo regime, uma vez que homens armados começaram a reagrupar-se em Panchir.

O vale de Panchir, onde Amrullah Saleh está foragido e de difícil acesso, nunca caiu nas mãos dos talibãs durante a guerra civil dos anos 1990, nem uma década antes para os soviéticos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos