O País – A verdade como notícia

Viaturas com alimentos para vítimas das cheias enfrentam dificuldades no trânsito

Viaturas de grande tonelagem estão a enfrentar dificuldades para transportar alimentos para as vítimas das cheias sitiadas e alojadas nas zonas de acomodação da Maganja da Costa. Ao todo são 98 quilómetros do troço Bive, em Mocuba, ao distrito da Maganja da costa.

Numa altura em que as vítimas das cheias precisam de alimentos, os 98 quilómetros de estrada  que liga a zona do Bive em Mocuba, ao distrito  Maganja da Costa apresenta degradação acentuada. Muitas vezes os condutores são forçados a permanecerem na estrada com produtos para as vítimas das cheias, devido ao mau estado agravado pela chuva intensa.

Os condutores passam noites quando não há socorro nesta via. A situação é mesmo complicada.

O administrador da Maganja da costa, Carlos Carneiro, recentemente transferido de Quelimane para aquele distrito, diz que o governo tem consciência da situação.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos