O País – A verdade como notícia

Vendedores ocupam campo de futebol por conta do atraso na reabertura do grossista

A reabertura do mercado grossista do Zimpeto estava prevista para esta quinta-feira. Tal não aconteceu porque estão atrasados os trabalhos de requalificação do mercado. Em consequência disso, os vendedores tomaram e ocuparam o campo de futebol local. O Edil de Maputo esteve no local e garantiu que a reabertura vai acontecer amanhã.

 

No mercado grossista do Zimpeto decorrem ainda Os trabalhos de limpeza e demarcação dos espaços a serem ocupados pelos camionistas e importadores. A reabertura do mercado estava prevista para esta quinta-feira e tal não aconteceu devido a esses trabalhos que ainda prosseguem. E em consequência disso os vendedores, desde os importadores e retalhistas ocuparam o campo de futebol comunitário de futebol de Zimpeto. Naquele recinto não há condições mínimas para o exercício da actividade comercial. E no contexto do combate e prevenção à COVID-19 faltam todas as condições. Não há água para a lavagem das mãos. Não há igualmente sanitários públicos para os próprios vendedores e utentes. A avalanche de gente era tanta que a configuração do campo de futebol perdeu-se na multidão que vendia e comprava vários produtos. Felismina Paulo é uma das mulheres que fazia compras naquele local improvisado. Ela deplora a condição em que são comercializados os produtos, alguns deles de pronto consumo. “Eu tive conhecimento que aqui era mercado através de outras pessoas que vinham para ca e eu segui. Mas olha que aqui não há condições nenhumas para higienização, mas prontos estamos ca e compramos as coisas qui mesmo”. Os vendedores uns no chão, outros em camiões no caso os importadores dizem que ocupam aquele local porque o mercado grossista ainda não reabriu. Francisco Bernardo, vende tomate em caixas, e um dos que estava a comercializar o seu produto naquele local, em conversa com o Jornal “OPaís” disse que a situação está complicada porque o mercado está fechado. “Disseram que o mercado abria hoje e fomos para la logo cedo e encontramos que estava fechado e sem alternativas viemos para aqui”

O Presidente do Município do Município de Maputo Eneas Comiche visitou Zimpeto para se inteirar das obras e garantiu que o mercado vai reabrir ao público esta sexta-feira. Comiche voltou a afirmar a necessidade de organizar o comércio de forma particular e a cidade em geral durante a vigência do seu mandato. “Nós não podemos permitir ruralização da cidade, isto é uma cidade capital não se pode transformar uma cidade num “dumba-nengue”, não, isto tem de acabar. Então se as pessoas ainda não entendem isso temos que gradualmente passar a mensagem pra compreenderem o que é vida urbana e como se vive numa cidade e uma Cidade capital”. Disse Comiche instantes depois de chegar ao mercado grossita do Zimpeto para onde se deslocara para de perto acompanhar o estágio das obras. O Edil disse ainda que tudo que esta a ser feito na Cidade de Maputo segue um programa concebido e aprovado pela Assembleia Municipal. “Nós temos um programa, esse e o programa que esta a orientar-nos nestas actividades em curso. Vamos continuar o trabalho porque contamos com o apoio dos munícipes, temos que requalificar o comércio, temos que requalificar a Cidade.”

Refira-se que neste momento já foram retirados vendedores informais da baixa da Cidade de Maputo, esta em curso a requalificação do mercado municipal de Xipamanine e neste momento o grossista do Zimpeto.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos