O País – A verdade como notícia

Vendedores comercializam alimentos em péssimas condições na cidade de Tete

Foto: O País

A venda dos alimentos em alguns mercados informais da cidade de Tete coloca em risco a saúde dos consumidores, pelo facto de não estarem conservados. No mercado Canongola, por exemplo, os vendedores comercializam os alimentos no chão, alegadamente por não possuírem bancas no interior do mercado.

“Vendemos todos os dias aqui na estrada para sobrevivermos. Pagamos diariamente as senhas no valor de vinte meticais, mas a edilidade ainda não nos atribuiu as bancas, por isso vamos continuar a comercializar nestas condições enquanto aguardamos por uma solução”, disse Miguel Ezequiel, vendedor no mercado Canongola em Tete.

Entretanto, por falta de bancas, os vendedores decidiram também invadir as vias que dão acesso à circulação de viaturas no interior do mercado, para comercializarem os alimentos. Mesmo assim, há quem se arrisque em comprar os produtos, alegadamente por não ter outras alternativas, todavia alerta a edilidade para minimizar os riscos identificados.

“Sei que é um risco, mas não tenho outras alternativas, apenas pedir ao Conselho Municipal para resolver o problema”, disse Elsa Jantar, cliente do mercado.

A secção de venda de produtos frescos é outro lugar considerado crítico e que necessita de intervenção das autoridades para o cumprimento da observância das medidas de higiene.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos