O País – A verdade como notícia

Venâncio Calisto estreia peça e lança livro em Portugal  

O actor e encenador Venâncio Calisto estreia a sua primeira criação em Portugal e publica, em livro, a sua primeira peça de teatro, na companhia das actrizes Marina Campanatti e Vânia Luz, do Brasil e Cabo Verde, respectivamente.

“O alguidar que chora ou a história das pedras que falam” é fruto de um processo colaborativo entre o encenador e as actrizes iniciado em Julho deste ano, na Casa Mocambo, em Lisboa, onde foi apresentado, em Setembro, o primeiro resultado do projecto, no formato de leitura encenada.

De acordo com a nota de Calisto, construído a partir de improvisações, discussões e troca de impressões artísticas e pessoais “O alguidar que chora ou a história das pedras que falam” é um questionamento sobre o silenciamento e todo tipo de opressões, tendo a figura da mulher como a metáfora da luta por um mundo mais humano.

A dramaturgia do espectáculo, adianta Calisto, dialoga uma série de referências teatrais, desde as formas tradicionais africanas (performance ritual), passando pela comédia dell’arte e as correntes do teatro contemporâneo. O discurso cénico explora a diversidade cultural que caracteriza o elenco, o que resulta numa polifonia sonora e visual, um convite para uma mágica viagem pelo diverso e rico território lusófono.

A música, composta e tocada em cena pela actriz Marina Campanatti em parceria com os músicos moçambicanos Rita Couto e Nandele Maguni combina ritmos tradicionais moçambicanos com os do Brasil e música ecletrónica, sublinhando assim a viagem temporal e espacial que serve de chão para esta história em que as pedras, finalmente, falam.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos