O País – A verdade como notícia

Vasco Manhiça inaugura ‘novo normal’ no Franco

O artista plástico Vasco Manhiça vai inaugurar, às 18 horas desta terça-feira, a exposição O novo normal. A individual pode ser visitada no Centro Cultural Franco-Moçambicano, na Cidade de Maputo.

O novo normal chegará ao Centro Cultural Franco-Moçambicano em jeito de exposição. A individual de Vasco Manhiça, constituída por 15 obras, levanta questões sobre o impacto da COVID-19 na esfera social, cultural, económica e política. Em parte, esta foi a maneira que o artista plástico encontrou para demonstrar que a humanidade, nos últimos tempos, aprendeu novo vocabulário e apreendeu novas formas de estar em sociedade.

Todas as obras da individual O novo normal foram pintadas este ano, com recurso à técnica mista. Para melhor se expressar, Vasco Manhiça recorreu ao desenho, à colagem, à pintura sobre tela e à gravura. “Trago aqui uma exposição com muita cor. Se calhar, ao contrário do que tem sido habitual no país. Penso que os visitantes da exposição vão encontrar novas abordagens em termos técnicos”, afirmou, Vasco Manhiça, na véspera da inauguração.

Para o curador da exposição, Rafael Mouzinho, O novo normal é uma individual que absorve questões relacionadas com a tensão social e com a necessidade da emigração do espaço físico para o digital imposta pelo novo contexto. “O Vasco parte dessa constatação, captando energias na esfera pública”.

Ainda sobre a exposição, o Franco-Moçambicano destaca que Vasco Manhiça transmuta símbolos e sinais caligrafados, em sobreposição com cut and paste. Na sala de exposições daquele centro cultural, a individual O novo normal pode ser visitada de segunda a sexta, entre 10h e 18h, e aos sábados, entre 10h e 14h, até 17 de Julho.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos