O País – A verdade como notícia

Mais de 700 escolas irão implementar o ensino Bilíngue na Zambézia

Pelo menos 760 escolas de seis distritos da província da Zambézia irão implementar o Ensino Bilíngue até finais do próximo mês de Julho.

De acordo com Ema Cardoso, representante do Centro de Aprendizagem e Capacitação da Sociedade Civil (CESC), uma organização não-governamental que, junto ao Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, implementa o projecto na Zambézia, o foco da fase piloto foi, acima de tudo, a mobilização das comunidades no acompanhamento dos seus filhos à escola, pelo que estão criadas as condições para o avanço do processo.

“Sentimos, nos Conselhos de Escolas, o maior engajamento entre os professores e a comunidade, na persuasão dos meninos em irem à escola para aprender a ler e escrever. O passo seguinte será expandir o projecto para os distritos de Namacurra, Namarroi e Gilé, até Julho próximo. Neste momento, estamos com Ensino Bilíngue nos distritos de Mocuba, Lugela e Alto-Molocue, ” disse Cardoso.

Em termos de balanço do primeiro ano de implementação, os dados disponibilizados indicam que o processo abrangeu mais de três mil pais e encarregados de educação, cujos filhos frequentam da 1ª à 5ª classe. Os abrangidos têm a missão de fazer com que os seus filhos tenham o gosto de ir à escola para aprender.

Hilário Jojó, representante do sector da Educação na Zambézia, fez saber que esta modalidade de ensino está a revelar-se positivo nas comunidades onde está a ser implementada, porquanto as crianças se têm mostrado empenhadas em aprender a ler e a escrever, com apoio, não só dos professores, mas também dos seus pais e pessoas influentes nas comunidades.

No total, serão aplicados pouco mais de 2.6 milhões de dólares para viabilizar os trabalhos de implementação de Ensino Bilíngue na Zambézia.

Célia Cossa, representante da USAID, fez saber que o maior interesse da organização é ver os fundos alocados a serem aplicados para a mudança das crianças na escola, naquelas comunidades onde se estuda através desta modalidade de ensino.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos