O País – A verdade como notícia

União Europeia garante cinco milhões de euros para programas da SEJE

O valor foi anunciado nesta quinta-feira, em Pemba, província de Cabo Delgado, no âmbito de um acordo entre a União Europeia e Portugal, com o intuito de viabilizar o projecto “Mais Emprego”, parte do Programa Emprega.

Na ocasião, a União Europeia disse que se junta ao Programa Emprega e apoia iniciativas da Secretaria de Estado da Juventude e Emprego (SEJE) na provisão de três milhões de empregos.

Falando após assinar o acordo de delegação com Portugal, Antonio Sánchez-Benedito Gaspar disse acreditar na potencialidade de Moçambique em prover mais empregos para jovens de todo o país, em particular para os jovens de Cabo Delgado.

O embaixador da União Europeia garantiu apoiar a SEJE a viabilizar recursos para potencializar a formação profissional e captar mais empregos.

Na mesma ocasião, Antonio Sánchez-Benedito Gaspar reafirmou o seu total apoio ao Governo moçambicano e lamentou o facto de o país estar a enfrentar enormes desafios com vista a tornar a agenda do Executivo flexível na criação de oportunidades de emprego para jovens, devido aos ataques de terroristas em Cabo Delgado, diz uma nota enviada ao “O País”.

Por sua vez, a embaixadora de Portugal em Moçambique, Maria Amélia Paiva, afirmou que o projecto terá quatro anos de duração e que vai contribuir no aumento de oportunidades económicas para os jovens de Cabo Delgado.

A diplomata frisou, segundo o documento que citamos, que o projecto irá apoiar igualmente o sector público-privado e as micro empresas da província de Cabo Delgado a prover emprego para jovens e em particular os do distrito de Palma.

Maria Amélia Paiva sublinhou ainda que durante os quatro anos de execução do projecto 800 jovens serão formados entre eles raparigas e rapazes, enquanto 35 empresas do sector privado serão apoiadas a capitalizar mais empregos para jovens.

O secretário de Estado na província de Cabo Delgado, Armindo Ngunga, testemunhou o momento e destacou o envolvimento do sector empresarial, do sector privado na formação profissional e sublinhou que “o projecto Mais Emprego” constitui uma oportunidade ímpar para  a provisão de oportunidades para jovens da província, indica a nota enviada ao “O País”.

O secretário de Estado da Juventude e Emprego, Oswaldo Petersburgo, assegurou que a iniciativa “Mais Emprego” irá contribuir na formação, e aumento de emprego no país e em particular em Cabo Delgado.

Assinalou ainda que o lançamento do projecto acontece numa altura em que a União Europeia acaba de anunciar um apoio ao Orçamento do Estado, no valor de 100 milhões de euros, para os sectores da Educação, Saúde e Acção Social, de modo a fazerem face ao impacto da COVID-19.

Oswaldo Petersburgo reafirmou o seu compromisso em continuar a trabalhar com a União Europeia na formação profissional e na criação de emprego para os moçambicanos.

“O Governo está onde o seu povo se encontra e está igualmente onde os jovens trabalham arduamente na busca de soluções visando desenvolver Moçambique”, disse Petersburgo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos