O País – A verdade como notícia

UA e Somália assinam acordo para reforçar segurança no país

Foto: Monitor do Oriente

A União Africana (UA) e o Governo da Somália assinaram um acordo sobre uma provável proposta de mandato para a organização regional apoiar o país em questões de segurança depois de Dezembro do ano em curso.

“Sabemos que ainda há necessidade de algum tipo de presença de segurança da UA para ajudar o Governo da Somália nos próximos anos, enquanto este reforça as suas forças. E, assim, temos estado a discutir como deverá ser a nova missão e qual será o seu mandato”, disse a directora para a Gestão de Conflitos do Departamento de Assuntos Políticos, Paz e Segurança da UA, Fiona Lortan, citada pelo Notícias ao Minuto.

Por seu turno, Hassan Said Samantar, director-geral do Ministério da Defesa da Somália, disse que a assinatura do acordo marcava o início de uma nova temporada.

“Assinámos um importante acordo para a Somália, que dá agora início ao período de transição. Trata-se de um processo que será implementado de forma gradual e iremos, gradativamente, trocar papéis com os nossos irmãos africanos que nos têm vindo a ajudar desde há algum tempo”, disse Said Samantar.

A assinatura do acordo, no passado dia 19 de Agosto, foi testemunhada pela directora-adjunta da delegação da União Europeia na Somália, Nicole Miller, e pela embaixadora-adjunta do Reino Unido no país, Mary Shockledge, em representação destes que foram dois dos principais parceiros internacionais da Somália envolvidos nas negociações.

Desde 1991 que a Somália vive num estado de guerra e caos, depois do autocrata Mohamed Siad Barre ter sido deposto, deixando o país sem Governo e nas mãos de milícias islâmicas e de senhores da guerra.

O Governo federal controla apenas uma parte do território da Somália, apesar do apoio da Amisom.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos