O País – A verdade como notícia

Uma mulher abandona feto no lixo na Cidade de Maputo

Foto: O País

Um feto foi deitado dentro de uma lixeira na Avenida Eduardo Mondlane, na Cidade de Maputo. Segundo o Serviço Nacional de Salvação Pública, uma cidadã até aqui desconhecida terá colocado uma mala dentro do lixo quando passava pelo local numa viatura.

Tudo aconteceu ontem, no último dia do ano, quando Lorêncio Nhane recolhia lixo na sua rotina habitual, numa das maiores Avenidas da Cidade de Maputo. O sujeito viu algo diferente no depósito de lixo e, para a sua surpresa, era um feto.

“Eu estava na minha rotina, sou um catador de lixo e, quando cheguei aqui, queria plásticos. Comecei uma vasculha e encontrei uma pasta que tinha uma coisa estranha. Fiquei assustado e chamei pessoas ao redor que confirmaram tratar-se de um feto”.

O corpo de Salvação Pública, com seu edifício nas imediações, explica as circunstâncias: “O Serviço de Salvação Pública está de prontidão devido à situação da quadra festiva, e fomos surpreendidos por uma viatura que vinha no sentido Pandora, estátua Eduardo Mondlane. Os factos indicam que uma cidadã terá colocado uma mala no interior do depósito de lixo”, disse Leonildo Pelembe, membro do Corpo de Salvação Pública.

Uma equipa da divisão de homicídios do Serviço Nacional de Investigação Criminal esteve no local para perícia e remoção do feto.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos