O País – A verdade como notícia

Uma das menores raptadas em Gorongosa já está no convívio familiar

A polícia convocou a imprensa no principio da tarde desta quinta-feira para anunciar que a menor de 14 anos, raptada na madrugada da passada terça-feira no distrito de Gorongosa em Sofala, foi encontrada pela corporação, na zona de Bongolangoma, no regulado de Canda, no mesmo distrito, há cerca de 40 quilómetros do local onde foi raptada. A mesma seguia numa mata, a pé, na companhia de três indivíduos, que a teriam supostamente raptada. O facto foi denunciado a polícia pelas autoridades locais.   

"Ao se aperceberem da aproximação da força policial, cerca das 20 horas da terça-feira, os supostos raptores puseram-se em fuga e deixaram a vítima. É prematuro neste momento afirmar se a outra vítima, a menor de três anos de idade, seguia no mesmo grupo ou não e se a mesma esta com os fugitivos. Neste momento os peritos da polícia estão a investigar o caso, socorrendo-se de vários elementos, incluindo a menor de 14 anos. Oportunamente forneceremos mais detalhes sobre este caso"- explicou Sididi Paulo, porta-voz da polícia em Sofala.   

Entretanto, a polícia garantiu os autores dos raptos residem em Gorongosa e ainda não estabeleceram contacto com os familiares das vítimas.

"Todos os dados em torno dos supostos raptores fornecidos por algumas testemunhas e pela população que avistou os mesmos caminhando pelas matas, não deixam dúvidas que os autores de rapto residem em Gorongosa. As motivações dos raptos ainda são desconhecidas e os raptores ainda não contactaram os parentes das vítimas"- concluiu a polícia.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos