O País – A verdade como notícia

Um dia incrível para Moçambique… “Avó Dezanove” vence dois prémios no Quénia

A longa-metragem de João Ribeiro conquistou dois galardões no Kisima Music & Film Awards 2020, no Quénia: Prémio de Melhor Realizador de África, para João Ribeiro, e Prémio Melhor Actriz Secundária, para Ana Magaia.

 

Um ano incrível para Avó Dezanove e o segredo do soviético, de João Ribeiro. Quando 2020 começou, logo a seguir a estreia internacional e nacional, as coisas complicaram-se e o filme já não pôde ser exibido em sala. Péssimo para as expectativas do realizador, dos actores e de todos os técnicos que integraram a equipa de produção. Todavia, 2020 está longe de ser um ano a esquecer para a longa-metragem moçambicana.

Duas semanas depois de vencer o Prémio Melhor Longa de Ficção na sétima edição do Plateau – Festival Internacional de Cinema da Praia, em Cabo Verde, o filme de João Ribeiro volta a trazer reconhecimentos a Moçambique. Desta vez, em dose dupla. Na cerimónia realizada hoje, no Quénia, a longa Avó Dezanove e o segredo do soviético foi laureada no Kisima Music & Film Awards 2020 com o Prémio de Melhor Realizador de África, para João Ribeiro, e Melhor Actriz Secundária, para Ana Magaia.

De acordo com João Ribeiro, a cerimónia realizada no Quénia trouxe boas surpresas, “num ano difícil”, lembrou. “Sinto-me orgulhoso por ter trabalhado com crianças que fizeram um filme pela primeira. Felizmente, correu muito bem. Tivemos uma boa história e conseguimos colocar na tela o que se pretendia”.

Ainda assim, confessou, esta noite, João Ribeiro, não esperava que este ano pudesse ser tão bom para o seu filme, até porque os critérios dos festivais foram alterados. Antes, focados em projecções em sala, agora os festivais privilegiam sessões online, o que exige dos realizadores a capacidade de adaptação ao novo formato. Mudanças à parte, João Ribeiro entende que a dupla premiação no Quénia é uma óptima forma de terminar o ano e começar um outro. E repetiu: “Eu gostei muito de ter feito este filme com crianças. Na verdade, eu fui o maestro e elas foram a orquestra”.

Em relação à premiação a Ana Magaia, João Ribeiro disse que a actriz fez um papel relativamente pequeno, mas muito relevante. No filme, Ana Magaia é avó (Catarina) de uma das personagens. “A Ana teve um papel difícil, e ter alcançado essa visibilidade é importante. É uma actiz de reconhecido valor e com muita experiencia”.

A boa notícia para o cinema moçambicano chega num dia em que, de forma inédita, a selecção nacional de Sub 20 conquistou o torneiro da COSAFA, na África do Sul. Nunca antes tinha acontecido. E quando parecia que o dia estava resolvido, nem mais, eis que lá da terra de Jomo Kenyatta chega um ar fresco para minimizar os efeitos do rigoroso verão. Portanto, três troféus para o país num só dia. Um presente de Natal antecipado?

Nesta edição do Kisima Music & Film Awards 2020, na verdade, o filme Avó Dezanove e o segredo do soviético esteve nomeado em cinco categorias, designadamente: Melhor Filme, Melhor Realizador (João Ribeiro), Melhor Produtor (Luís Galvão Teles, António Júnior e João Ribeiro), Melhor Actor Principal (Keanu dos Santos) e Melhor Actriz Secundária (Ana Magaia). Depois da indicação do júri, composto por 10 personalidades do mundo das artes e da cultura, a votação aberta ao público foi feita online.

 

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos