O País – A verdade como notícia

Um dia de visita ao futuro

É o que a Fundação Soico (Fundaso) e parceiros proporcionaram a cerca de 50 crianças da Associação Hixikanwe, semana passada. Meninos e meninas tiveram a oportunidade de conhecer e aprender mais sobre onde, eventualmente, querem trabalhar quando “crescerem”.

Quem nunca sonhou? Pois é, ninguém. Alguns têm a quem contar e outros nem por isso. Mas as crianças da Associação Hixikanwe contaram os seus sonhos a toda a nação moçambicana, por via de uma reportagem publicada pela STV e pelo “O País”, no dia 1 de Junho, data em que e pequenada celebra o seu dia a nível internacional.

Na ocasião, a cuidadora destas crianças revelou que elas têm muitos sonhos, entre eles visitar a STV. E não é que o sonho realizou-se! E foi mesmo na STV onde começou aquele que seria um dos seus melhores dias.
À chegada, as crianças tinham a liderança de Graciete Carrilho, em representação da Fundaso e Judite Jesus, responsável pela Associação. Os rostos dos meninos mostravam o quão maravilhados estavam. E não era para menos, afinal, não são todos os dias que Boaventura Mucipo, jornalista do Grupo Soico, veste a pele de Guia, apresentando o órgão e as estrelas da Rádio e Televisão.

O primeiro local foi a redacção, onde Mucipo explicou o que se faz naquele local. Houve quem fez algumas perguntas, mas isso não foi o que mais se ouviu. O que mais se viu foi uma interação entre alguém que já tem muita experiência jornalística e aqueles que querem abraçar a área. Alguns meninos, um pouco tímidos, contaram que sonharam em ser jornalista e ficar naquela redacção.

Da redacção, o destino foi a Rádio SFM, onde estava Frank Júnior na Cabine no seu programa matinal. Em menos de um minuto, o estúdio estava cheio de sorrisos e olhares de curiosidade. Frank aproveitou para “apimentar” a sua emissão e chamou um dos meninos para uma conversa breve.

Daqui, o próximo local é o estúdio de entretenimento da STV. Aqui encontrámos Carmelinda Manhiça bem no início de gravação de um programa. Não tardou para que uma das meninas fosse ao lado da apresentadora para dar os seus primeiros passos rumo ao seu sono de ser apresentadora de televisão.

Foi uma interacção que deixou bem claro que a menina teria ainda muito que trabalhar para atingir aquele nível. E por falar em trabalhar, Nicole, a menina que quer ser jornalista e apresentadora de telejornal, juntou-se a equipa e pediu o microfone… Daí, com muita ousadia, chamou Graciete Carrilho e realizou a sua primeiro entrevista.

Sabe qual foi a primeira pergunta que Nicole fez enquanto jornalista? “Vovô Graciete, quando é que conheceu a Associação Hixikanwe?” Mas o dia não era só para as futuras estrelas da televisão. Há crianças que também sonhavam conhecer a ponte Maputo-Katembe. E foi para lá que rumámos com os nossos companheiros de palmo em meio.

“Maputo KaTembe, hey hey! Maputo KaTembe, hey hey!”, cantavam os miúdos, que dentro do autocarro disponibilizado pela Sekelani Transportes, também dançavam. Aliás, esta empresa diz ter sido movido mesmo pela reportagem da STV.

“Constatámos que estas crianças estavam a ser deixadas de lado e decidimos ajudar na concretização de alguns sonhos que consideramos”, explicou Yétna Sitefane, em representação da empresa Sekelani Transportes.

Outro menino de destaque na reportagem publicada pela STV foi Raúl que quer ser piloto e, o maior sonho dele era estar no interior de um avião. E lá esteve. Raúl não fazia mais nada se não prestar atenção em cada detalhe da aeronave em que, mesmo em terra, a tripulação fez discurso de um voo, como se se fosse decolar e aterrar.
Raúl foi à cabine e prometeu: “vou estudar muito para ser piloto e serei muito educado”. E para permitir que crianças como Raúl conheçam as Aeronaves, as Linhas Aéreas de Moçambique abrem as suas portas uma vez por semana.

Futuro, sonhos, desejos e sorrisos… tudo isso só é bom se o estômago estiver satisfeito, já dizia o psicólogo Abraham Maslow. Os sonhadores foram, depois, à SMS Catering. Antes do almoço, uma visita ao local onde são confeccionados os alimentos.

Naqueçe local receberam várias explicações de como é que funciona a empresa que fornece refeições à LAM. É hora da refeição. A anteceder o momento, uma oração orientada pela futura jornalista, a Nicole.

A SMS Catering diz ter-se juntado para proporcionar momentos de felicidade, servindo alguns pratos considerados difíceis de aceder para aqueles petizes.
Meninos educados limpam os dentes depois da refeição. Porque a higiene oral não é só para o dia de realização de sonhos, a Dental Dream também ensinou a importância de manter a boca limpa, e “evitar doenças como a cárie dentária”.

Um dia de sonhos para os meninos, mas também para a sua cuidadora que sempre quis levá-los a lugares como estes. “O próximo passo é levar as crianças a outros bons locais, como o Museu da História Natural. Tudo isso é necessário para o crescimento das crianças.
Quem também disse ter realizado um sonho foi a Fundaso, que agradeceu seus parceiros por ajudar a estampar sorrisos nos lábios dos meninos que, uns, vivem com o vírus de HIV/SIDA e outros são órfãos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos