O País – A verdade como notícia

Último Presidente sul-africano do Apartheid morre vítima de doença

Foto: Notícias ao Minuto

O último Presidente sul-africano do regime Apartheid, Frederik Willem de Klerk, perdeu a vida nesta hoje, vítima de mesotelioma, tipo de cancro que afecta um fino tecido que cobre alguns órgãos internos. De Klerk foi uma das mais importantes personalidades na transição para a democracia na vizinha África do Sul.

Segundo escreve o Observador, a morte de Frederik Willem de Klerk foi confirmada por fonte oficial da fundação de Frederik Willem de Klerk: “O antigo Presidente morreu no início da manhã na sua casa, em Fresnaye, depois de uma luta contra o cancro”, disse Dave Steward.

Em 1993, o finado foi laureado Prémio Nobel da Paz, junto do então falecido Presidente sul-africano Nelson Mandela, pelo trabalho a favor do fim pacífico do regime do Apartheid e por lançar as bases para uma nova África do Sul democrática.

De acordo com o Observador, foi De Klerk quem libertou Mandela da prisão em 1990, possibilitando que este se tornasse Presidente da África do Sul em 1994, com Frederik Willem de Klerk como número dois até 1996.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos