O País – A verdade como notícia

UEM inaugura ciclo de actividades comemorativas do centenário de José Craveirinha

Foto: O País

A conferência inaugural do ciclo de actividades comemorativas do centenário de nascimento de José Craveirinha está marcada para dia 25 deste mês, no Campus da UEM, na Cidade de Maputo.

 

Às 14 horas de quarta-feira, a Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) irá realizar a conferência inaugural do ciclo de actividades comemorativas do centenário de nascimento de José Craveirinha. O evento aberto ao público está agendado para o Anfiteatro 2501, no Complexo Pedagógico do Campus Principal da UEM, na Cidade de Maputo, e terá como orador o professor de Literatura Gilberto Matusse.

Intitulada José Craveirinha: o poeta e a nação, a conferência também poderá ser acompanhada através do Zoom Meeting criado para o efeito pela organização.

Ao longo de aproximadamente três horas, o programa da conferência inaugural do ciclo de actividades comemorativas do centenário de nascimento de José Craveirinha prevê leitura de poemas, intervenção do Director da Faculdades de Letras e Ciências Sociais, Samuel Quive, e do Reitor da UEM, Manuel Guilherme Júnior.

Além da conferência José Craveirinha: o poeta e a nação, por Gilberto Matusse, no Dia de África, 25 de Maio, igualmente, o professor de Literatura Elídio Nhamona irá apresentar o ciclo de actividades comemorativas do centenário de nascimento de José Craveirinha, a realizar-se até 23 de Fevereiro de 2023. Entre as actividades em causa estão previstas oficinas, saraus, exibição de filmes, palestras nas escolas secundárias, festival de poesia cantada, conferência científica e publicações.

Ainda este mês, Gilberto Matusse debruçou-se sobre o tema José Craveirinha, o mestre da ironia, na Fundação Fernando Leite Couto, na Cidade de Maputo. Além de artigos sobre o primeiro Prémio Camões africano, em 1991, o académico tem um livro também dedicado à escrita do poeta da Mafalala, intitulado A construção da imagem de moçambicanidade em José Craveirinha, Mia Couto e Ungulani ba ka Khosa.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos