O País – A verdade como notícia

UCM elogia INSS pela informatização do Sistema de Segurança Social

A Universidade Católica de Moçambique (UCM), delegação da Zambézia, elogiou o Instituto Nacional da Segurança Social (INSS) pelo processo de informatização e modernização geral efectuada por esta instituição, levado a cabo durante os últimos anos, que contribuiu para a melhoria na prestação de serviços, sobretudo com a introdução de facilidades no acesso a alguns serviços essenciais na sua ligação com os utentes do Sistema da Segurança Social, através de plataformas electrónicas.

A satisfação foi manifestada, há dias, pelo director da UCM na Zambézia, Lino Marques Samuel, durante uma capacitação ministrada pelo INSS aos quadros desta instituição do ensino superior em Moçambique, na cidade de Quelimane, em matéria de legislação sobre a protecção social, com destaque para a Segurança Social Obrigatória, gerida pelo INSS, tendo constatado que, com a entrada em funcionamento da plataforma SISSMO (Serviço de Informação da Segurança Social de Moçambique), o acesso aos serviços do INSS ficou simplificado, com destaque para a redução do tempo na elaboração de declarações e abrangência territorial, em que já podem ser elaboradas e entregues em qualquer local e a qualquer hora, dentro dos prazos estabelecidos.

Ainda de acordo com a fonte, os pagamentos das contribuições, pensões e subsídios por via bancária garantem a transparência do processo, tendo apelado, ao mesmo tempo, que o INSS terminasse a transição de toda a informação manual para digital.

O evento, que contou com a participação da direcção da instituição, corpo docente, pessoal administrativo e serventuário, enquadrou-se no âmbito da divulgação do Sistema de Segurança Social Obrigatória.

A pedido da instituição, terá lugar, ainda neste semestre, uma outra capacitação sobre a utilização da plataforma M-Contribuições, (Minha Contribuição, Meu Benefício), plataforma electrónica do INSS que permite aos beneficiários terem acesso à informação contributiva de imediato, sem precisar de se deslocarem aos balcões do INSS.

A delegação da Universidade Católica de Moçambique na Zambézia é, actualmente,  um contribuinte regular do Sistema de Segurança Social, com 126 beneficiários (trabalhadores inscritos), facto louvado pelo INSS, por esta instituição garantir, desde já, o futuro e o presente do seu pessoal, incluindo o dos seus dependentes.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos