O País – A verdade como notícia

Turquia deteve 100 soldados

Passados três anos, o governo do presidente Tayyip Erdogan, que escapou ao golpe de Estado, continua a perseguir os seus supostos inimigos. Esta sexta-feira, a imprensa turca noticiou que mais de 100 soldados foram detidos, sob acusação de terem ligação com o clérigo Fettulah Gulen, exilado nos Estados Unidos.

Gulen é acusado de ter liderado uma parte do exército para depor o regime de Erdogan, em 2016. A tentativa de golpe de Estado fracassou, tendo causado morte a 250 pessoas. Desde então, Erdogan tem levado a cabo várias operações em 16 províncias que já resultou em mais de 77 mil detidos e demissões de 150 mil funcionários públicos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos