O País – A verdade como notícia

Trump recua em relação à extrema-direita

O debate desta terça-feira entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e Joe Biden, seu rival na disputa pela Casa Branca foi marcado por acusações e insultos. “Um dos piores debates da história dos Estados Unidos”, esta foi a classificação de alguns especialistas citados pela Euronews.

Horas depois do debate, segundo a fonte, Donald Trump recuou em relação aos comentários que fez sobre a extrema-direita no primeiro confronto televisivo com Joe Biden.

Desafiado pelo moderador do debate, Chris Wallace, a condenar os supremacistas brancos, o Presidente dos Estados Unidos dirigiu-se ao grupo extremista “Proud Boys” a quem pediu para recuarem e se manterem a postos. E atirou as culpas para a extrema-esquerda.

Com este pronunciamento, Donald Trump recebeu muitas críticas e horas depois mudou o seu discurso.

“Não sei quem são os “Proud Boys”. Vocês têm de me dar uma definição porque não sei quem são. Só posso dizer que eles têm que se retirar e deixar a polícia fazer o seu trabalho”, disse Trump.

Os “Proud Boys” são um grupo neofascista, anti-imigração, conhecido por incitar à violência nas ruas.

No primeiro debate entre os candidatos à Casa Branca, os insultos e os atropelos prevaleceram sobre a discussão de ideias. A Comissão que organiza os debates já prometeu alterações para evitar que a situação se repita.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos