O País – A verdade como notícia

Trump anula proibição total de pessoas transgénero no exército

O Presidente norte-americano, Donald Trump, publicou na sexta-feira um memorando que anula a proibição de pessoas transgénero (que não se identificam com seu sexo) no exército.

De acordo com a agência Notícias ao Minuto, apesar de ter mudado da sua decisão, Trump diz que as pessoas transgénero que possam precisar de tratamentos médicos sérios, com medicamentos ou cirurgia, são desqualificados para servir no exército, salvo em circunstâncias excecionais.

"O secretário da Defesa e a secretária da Segurança Interna, no caso da guarda-costeira, podem exercer a sua autoridade para aplicar qualquer decisão sobre o serviço de indivíduos transgénero nas forças armadas", acrescentou Donald Trump.

Num memorando publicado a 25 de Agosto do ano passado, o Presidente norte-americano, Donald Trump, proibia o recrutamento de militares transgénero.

Na sexta-feira à noite, o Pentágono divulgou o relatório enviado por Mattis ao Presidente, no qual o secretário da Defesa faz a distinção entre as pessoas transgénero que querem mudar de sexo ou já o fizeram e as que se identificam com um sexo diferente daquele com que nasceram, mas que não pretendem mudar.

As que mudaram ou pretendem mudar se sexo não serão autorizadas a entrar nas fileiras do exército, ao passo que as que não se identificam com o sexo, mas não pretendem mudar, poderão aí servir tal como as restantes (homens e mulheres hétero e homossexuais).

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos