O País – A verdade como notícia

Tropas russas fazem “retirada rápida” no norte da Ucrânia

F

Os militares russos, que se encontram na Ucrânia, estão a retirar-se das regiões de Kiev e Chernigiv para “ganhar uma posição no leste e no sul”. A informação é avançada pelo Notícias ao Minuto, que cita a Lusa.

“Após uma rápida retirada russa das regiões de Kiev e Chernigiv (…), é bastante claro que a Rússia escolheu outra táctica prioritária: recuar para o leste e o sul, manter o controlo de vastos territórios ocupados e ganhar uma posição de uma maneira poderosa”, escreveu Mykhailo Podoliak, citado pelo Notícias ao Minuto.

Refira-se que o ataque russo à Ucrânia teve o seu início a 24 de Fevereiro passado e tem como objectivo, segundo a imprensa internacional, coibir o país de aderir à Organização do Tratado Atlântico Norte.

Durante os ataques pelo menos 1.276 civis morreram, incluindo 115 crianças, e foram feridas 1.981 pessoas, entre as quais 160 crianças. E, não só, a guerra provocou a fuga de mais de 10 milhões de pessoas, incluindo mais de 4,1 milhões de refugiados em países vizinhos e cerca de 6,5 milhões de deslocados internos.

A ONU alerta ainda para a possibilidade de o número de vítimas ser muito elevado.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos