O País – A verdade como notícia

TRKZ canta na abertura da nona edição do IOMMa na Ilha Reunião

Foto: Wilford Machili

 

A nona edição do Indian Ocean Music Market/ Mercado de Música do Oceano Índico (IOMMa) arranca esta segunda-feira, na Cidade de Saint-Leu, na Ilha Reunião. Uma das actuações será de TRKZ, cantor moçambicano residente em França.

 

A primeira vez que TRKZ actuou no Indian Ocean Music Market (IOMMa), na Ilha Reunião, foi em 2019, com o grupo Continuadores. Dois anos depois, o artista moçambicano residente em Paris voltou a ter a possibilidade de pisar o palco daquele evento cuja nona edição arranca esta noite, a partir das 18 horas, no Museu Stella Matutina, Cidade de Saint-Leu.

A performance de TRKZ vai durar cerca de meia hora, entre 21h e 21h30 locais (19h e 19h30 de Maputo). Nesse intervalo temporal, o artista vai cantar temas como “Hell in Paradise/ Yinga yang”, “Indian Ocean”, “Água e sal”, “Blu”, “Wordless chorus”, “A longa espera” e “Noite tranquila”. Sobre esta selecção musical, TRKZ afirmou, esta segunda-feira: “Preparei um repertório que é uma mistura de diferentes álbuns que lancei ao longo da minha carreira. Optei, sobretudo, em escolher composições simples, que realçam o instrumento principal, que é a voz”.

Segundo entende TRKZ, o IOMMa é importante porque “nos põe em contacto a nível do oceano e descobrimos muitos músicos interessantes, provenientes das ilhas que são os nossos vizinhos, perto de Moçambique. É muito importante entrar em contacto com uma parte da nossa descendência e da nossa origem, sabendo que houve muitos escravos de Moçambique que foram enviados para Ilha Reunião. Então, a relação que temos com a Reunião é muito forte e histórica”.

De igual modo, nesta sua segunda vez no evento, o artista moçambicano vê uma possibilidade de trocar impressões com outros artistas e profissionais da área artística e cultural. “O IOMMa é uma possibilidade de expor os nossos trabalhos, de partilhar e trocar experiências, conhecimentos e cultura”. Por isso mesmo, TRKZ espera que a experiência será muito especial.

Logo à noite, o auditório do Museu Stella Matutina poderá ver uma experiência minimalista, no que a TRKZ diz respeito, uma parte do que tem vindo a trabalhar. O cantor, entretanto, reconhece que sente alguma pressão porque sabe que há muita gente que o vai observar ao mínimo detalhe. Há nisso um stress positivo, segundo disse. Talvez, por essa razão, TRKZ lamentou não poder contar com o calor dos seus conterrâneos no evento, como Albino Mbie e Gran’Mah. Seja como for, TRKZ agarrou a oportunidade de expor o seu trabalho e de representar Moçambique no IOMMa.

Na nona edição do IOMMa, TRKZ vai pisar o palco depois da actuação de Tim Zeni, da Ilha Reunião, que apresentará a sua performance entre 20h e 20h30 locais, sempre no Museu Stella Matutina.

 

AILTON JOSÉ MATAVELA

TRKZ (Ailton José Matavela) nasceu em 1994, em Maputo. Obteve o seu grau de licenciatura em Psicologia Social e do Trabalho. Actualmente, dedica-se inteiramente à música, como cantor, rapper, compositor, beatmaker, produtor e possui um potencial para expressar a sua música através de diferentes linguagens.

TRKZ fez parte do Coro e Orquestra Xiquitsi, em 2016, tendo sido um dos vocalistas principais. No mesmo ano, no dia 23 de Novembro, lançou o seu primeiro projecto musical oficial com a Kongoloti Records, intitulado “Filhos da terra”.

Em 2017, fez parte da trilha sonora para a exposição visual Bits of Maputo, do artista moçambicano Ricardo Pinto Jorge. Trabalhou também na trilha sonora do documentário 90’s project, da fotógrafa Iria Marina.

 

O IOMMa…

O IOMMa é uma iniciativa que, desde 2011, esmera-se na profissionalização da cena musical no Oceano Índico, conectando profissionais de diferentes proveniências. A iniciativa inclui formações, reuniões e workshops feitod ao longo do ano.

Dos países banhados pelo Oceano Índico, o IOMMa já contou com mais de 700 grupos, por exemplo, de Reunião, Moçambique, Tanzania, Comores, Austrália, Índia, Tailândia, África do Sul, Maurícia e Madagáscar.

Além dos artistas que actuarão esta noite (TRKZ, Tim Zeni e Simangavole), também participam na nona edição artistas como Ahamada Smis, Aurus, Gwendoline Absalon, Msafiri Zawose, Thandiswa Mazwai, Tine Poppy, Trans Kabar e Zeco.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos