O País – A verdade como notícia

Tribunais serão independentes na gestão financeira

Pela primeira vez na história de Moçambique, os tribunais poderão a respirar de alívio com a introdução, em 2018, de certa independência na gestão financeiras das instituições. Se antes aguardavam pela gestão do Estado, no próximo ano, poderão fazê-lo de forma autônima com vista a dar mais celeridade nas suas actividades.

Nhatitima considera este avanço um ganho importante para o país e para a sociedade.

A informação foi revelada na sessão Extraordinária do Conselho Judicial do Tribunal Supremo decorre, em Maputo, entre os dias 27 e 29 do mês em curso, para dentre outros assuntos, debater o papel do juiz eleito e o Plano económico e Social para 2018.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos