O País – A verdade como notícia

Três mortos e dezenas de famílias desalojadas em Manica

Três pessoas morreram e várias infra-estruturas públicas e privadas ficaram total e parcialmente destruídas, esta quarta-feira, na cidade de Chimoio e vila de Gondola, província de Manica, em consequência da tempestade baptizada pelo nome de “Chalane”, que assolou a região centro de Moçambique.

A primeira vítima mortal, segundo apurou “O País”, é um cidadão adulto surpreendido por cargas de água na sua residência localizada no bairro 16 de Junho, subúrbio da cidade de Chimoio. A informação foi confirmada pelo administrador da capital provincial de Manica, Daniel Andicene.

“É um facto. A pessoa morreu electrocutada e dentro de casa. Alguns fios transportando corrente eléctrica não estavam organizados dentro da sua casa e, na tentativa de organizá-los, acabou por se electrocutar”, contou Daniel Andicene.

As outras duas vítimas mortais são crianças com idades entre 4 e 7 anos, que estavam em cabanas improvisadas no centro de acomodação de Mazicuera, que alberga população deslocada por causa dos ataques armados que ocorrem no interior do distrito de Gondola.

De acordo com Arlindo Ngozo, edil da vila de Gondola, os dois menores estavam igualmente no interior da residência e os pais do lado de fora. Estes “tentavam arranjar mantimentos para os filhos, quando, de repente, a casa caiu” e os petizes “morreram de imediato”.

Além das mortes, várias casas ficaram alagadas e outras desabaram, deixando os proprietários ao relento.

No distrito de Gondola, por exemplo, só na vila-sede distrital há pelo menos 20 famílias que estão a recomeçar a vida. Além do sofrimento e retrocesso por causa dos ataques armados, as vítimas enfrentam agora um novo desafio, devido ao desabamento das suas residências provisórias.

A princípio da noite desta quarta-feira, o Comité Operativo de Emergência em Manica reuniu na cidade de Chimoio e revelou que equipas continuam no terreno para apurar e avaliar os danos causados pela depressão tropical “Chalane”. A informação será tornada pública esta quinta-feira.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos