O País – A verdade como notícia

Transportadores queixam-se da falta de passageiros no Terminal Interprovincial da Junta

Transportadores do Terminal Rodoviário da Junta queixam-se do fraco movimento de passageiros neste final do ano. Este facto compromete a hora de chegada de passageiros que querem passar as festas junto dos seus familiares.

O cenário é caracterizado por autocarros de passageiros à espera de encherem para poderem sair. E cobradores a disputarem passageiros.

Segundo os transportadores ouvidos pela nossa equipa de reportagem, o movimento de passageiros que procuram viajar é muito fraco, para um período como este em que, regra geral, pessoas procuram passar festas junto de seus familiares.

Devido ao fraco movimento, os autocarros são obrigados a esperar mais tempo até que os carros fiquem lotados e acabam prejudicando alguns passageiros.

Beatriz Cossa, por exemplo, vai a Inharrime passar festas junto de seus familiares. Chegou ao Terminal da Junta por volta das 05h00 e até ao fim da manhã  o autocarro ainda não tinha partido.

Na mesma situação que Beatriz, encontra-se Jaime Munguambe que trabalha na África do Sul e há dois anos não vê a sua família, mas o autocarro não está ajudar.

Entretanto, a direcção do Terminal Rodoviário Interprovincial da Junta descreve o movimento como normal.

Este movimento considerado estável pela direcção do Terminal da Junta deve-se à aquisição de mais autocarros por parte dos transportadores.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos