O País – A verdade como notícia

Tranquilidade em Cabo Delgado vai ditar retoma de investimentos de gás

O ministro dos Recursos Minerais e Energia, Max Tonela, diz que o restabelecimento das condições de segurança em Cabo Delgado é determinante para a retoma dos investidores na área de gás natural em Palma. Max Tonela acrescenta que o desenrolar da situação é que vai determinar quando e como os trabalhos deverão ser retomados.

Com o desenvolvimento do terrorismo na província de Cabo Delgado, os investidores que operavam em projectos de gás acabaram por paralisar suas actividades temendo ser lesadas pelos insurgentes. Sobre isso, Max Tonela avançou que:

“Estamos esperançados que este desempenho das Forças de Defesa e Segurança continue de forma que a retoma aconteça para além de Mocímboa da Praia e todos os distritos afectados, assegurem também a retoma das populações à sua actividade normal. Nestas condições os promotores dos produtores estarão em condições de fazer a retoma”.

Falando sobre a Total, o titular das pastas dos Recursos Minerais e Energia disse que tem mantido contacto permanente com a mineradora, visto serem parceiros. Segundo o ministro, todos outros parceiros de projectos mantêm o seu objectivo de investir em Moçambique.

“Vamos seguir o desenrolar das situações e vamos poder discutir questões de como e quando os trabalhos serão retomados”, acrescentou Max Tonela, indicando que a retoma dos projectos de gás dependem do restabelecimento da tranquilidade na província de Cabo Delgado.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos