O País – A verdade como notícia

Traficante de marfim condenado a 8 anos de prisão em Cabo Delgado

O Tribunal Judicial de Cabo Delgado condenou a oito anos de prisão maior, a um suposto traficante de pontas de marfim.

A Defesa do condenado diz que a pena devia ser mais reduzida devido aos atenuantes, mas o ministério público, considera bastante leve para quem tentou vender 11 pontas de marfim.

Por ter tentado vender pontas de Marfim, Américo Daniel, Moçambicano de 40 anos de idade, devia ser aplicada uma pena de 12 a 16 anos de prisão maior,  mas Geraldo Patricio, Juiz que julgou o caso, decidiu reduzir para oito, por ter provado que o condenado foi apenas um vendedor e não caçador furtivo de elefantes.

A defesa do condenado e o Ministério Público, consideram que a pena aplicada pelo Juiz, não foi equilibrada, mas não confirmaram se vão ou não recorrer a sentença.

Com 31.8 Quilogramas, às 11 pontas de Marfim, foram apreendidas pela Polícia na cidade de Pemba em Abril deste ano, e pelo itinerário criminal, presume-se que as mesmas provêm de elefantes abatidos na Reserva Nacional do Niassa.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos