O País – A verdade como notícia

Trabalhadores do FMI lançam campanha de angariação de fundos para Moçambique

O estadista moçambicano, Filipe Nyusi, e a directora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, tiveram um frente-a-frente em Beijing, China, no âmbito da visita que Filipe Nyusi efectuou àquele país asiático e que termina este sábado.

Foi depois deste encontro que a responsável do Fundo Monetário Internacional falou das iniciativas na sua instituição que visam apoiar Moçambique, na sequência das calamidades que vem devastando o país.

“Os trabalhadores do FMI decidiram lançar uma pequena campanha dentro da instituição para angariação de fundos em apoio a Moçambique”, disse Lagarde, numa curta conversa com a imprensa moçambicana.

Sobre a situação económica do país, Lagarde aconselha Moçambique a não repetir os erros do passado, para nunca volte a estar numa situação de dívidas insustentáveis.

Quatro anos depois de ter cancelado a assistência financeira a Moçambique na sequência da descoberta das dívidas ocultas, o FMI aprovou, recentemente, um empréstimo de emergência de mais 118 milhões de dólares para apoiar na reconstrução pós-ciclone Idai.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos