O País – A verdade como notícia

Trabalhadores da ex-TPB sem salários há três meses

Mais de trezentos trabalhadores da extinta empresa Transportes Públicos da Beira (TPB) estão sem salários há três meses.

A situação dos 315 trabalhadores da ex-TPB vai de mal a pior, desde que o Conselho Municipal da Beira renunciou a sua gestão, alegando que a empresa estava falida e sem meios para rentabilização, semanas depois de ter assinado o termo de entrega, juntamente com o município de Dondo. Hoje, os trabalhadores contactaram a imprensa para desabafar a difícil situação que vive desde Agosto. “Para além de salários, a empresa está a dever-nos aumento salarial de Abril e retroactivos, e não sabemos que nos vai pagar”, disse Rmiro Saraiva, representante dos trabalhadores.

Os trabalhadores dizem não saber a quem recorrer para ver os seus problemas resolvidos.

O agravante, contam, é que nenhum dos oito autocarros está a operar a cerca de duas semanas, devido a avarias. “Há carros que estão parados por pequenas avarias”.

Os problemas de salários abrangem igualmente cerca de 100 trabalhadores afectos ao município de Dondo.

As autoridades ligadas ao sector dos transportes e comunicação em Sofala não quiseram prestar declarações alegando que o assunto é de nível central.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos