O País – A verdade como notícia

Tottenham à procura da redenção

Fotos: Getty Images

“Depois de, no passado sábado, ter perdido com o Manchester United por 3-0, o Tottenham que tem a missão, esta quinta-feira, de dar a volta ao mau momento que atravessa ao receber o Vitese em duelo da 4ª jornada do grupo “G” da Europa Conference League.

O Tottenham Hotspur vem de uma derrota em casa por 3 a 0 para o Manchester United, o que levou a hierarquia do clube a fazer uma mudança administrativa. Conte substitui Nuno Espírito Santo, que deixou o “Spurs” com a nona posição no campeonato.

Na Liga da Conferência, encontram-se na terceira posição com quatro pontos em três partidas disputadas. Eles têm uma vitória, um empate e uma derrota para mostrar o seu esforço até agora.

O Vitesse é o segundo colocado do grupo, com seis pontos em duas partidas. Eles vêm de uma vitória por 2 a 1 sobre o Heerenveen na Eredivisie.

Tottenham e Vitesse defrontaram-se apenas uma vez, com os holandeses a vencerem por 1-0. Maximilian Wittek marcou o golo da vitória do Vitesse aos 78 minutos. Há muitas expectativas em relação à forma como António Conte irá escalar sua equipa, com vários meios de comunicação especulando que ele poderia ir com seu sistema preferido de 3-5-2.

Bryan Gil e Ryan Sessegnon foram afastados devido a lesões na coxa.  Já Joe Rodon, Dele Alli e Matt Doherty podem ser incluídos no onze inicial para o jogo desta quinta-feira. Ainda a contar para este grupo, o Rennes da França recebe Mura no Roazhon Park.

Os donos da casa lideram o grupo com duas vitórias e um empate, enquanto Mura tem passado por maus bocados na competição tendo sofrido três derrotas consecutivas.

Os franceses atravessam um excelente momento de forma, somando três vitórias nas últimas quatro partidas do campeonato, chegou ao quinto lugar na Ligue 1. Os dois clubes defrontaram-se apenas uma vez, na segunda jornada deste grupo, no estádio Ljudski Vrt, no mês passado. O Rennes venceu por 2-1 nesse jogo, com os três golos marcados na primeira parte. Os atuais quinto classificados da Ligue 1 foram os primeiros a marcar na transformação de uma grande penalidade, mas Mura empatou o jogo três minutos depois. Gaëtan Laborde marcou o golo da vitória dos franceses aos 41 minutos. Jeremy Gelin vai desfalcar o Rennes, uma vez que está lesionado há muito tempo, enquanto Jérémy Doku também está afastado devido a uma lesão no joelho. Jonas Martin retirou-se do jogo da liga contra o Troyes com um problema no tendão da coxa e deverá ficar de fora também.

Mura conquistou apenas uma vitória nos últimos cinco jogos em todas as competições e espera alcançar um resultado positivo diante do Rennes.

 

ROMA NA CORDA BAMBA

A AS Roma recebe, esta quinta-feira, o Bodø/Glimt da Noruega, em desafio inserido no grupo C da Europa Conference League.

O clube norueguês tornou-se no primeiro a marcar seis golos a uma equipa orientada por José Mourinho, que conta com mais de 1000 jogos como treinador. Mas nem isso motivou euforia excessiva: veja-se o caso de Erik Botheim, herói do jogo, que foi para casa comer fruta.

Seja como for, a Roma irá entrar com tudo   depois de, no passado domingo, ter perdido com o AC Milan por 1-2, em jogo da jornada 10 da Série A.

Nesse duelo, a AS Roma conseguiu 50% de posse de bola e 24 remates dos quais seis enquandrados com a baliza. Stephan El Shaarawy (93′) foi o autor do golo do conjunto orientado por José Mourinho. Já o AC Milan conseguiu 8 remates, sendo que três deles foram enquadrados. Zlatan Ibrahimović (25′) e Franck Kessié (57′) marcaram os tentos do AC Milan.

Bodo Glimt chega a este embate após uma vitória (1-0) diante do Sandefjord. Nessa partida, o Bodo Glimt teve 64% de posse de bola e 14 remates dos quais quatro enquadrados. O único jogador a marcar para o Bodo Glimt foi Hugo Vetlesen (63′). Do outro lado, o Sandefjord teve registo de nove remates dos quais dois enquadrados. Nos seus últimos seis confrontos, o Bodo Glimt tem conseguido um saldo de 15 golos.

 

GENT IMPARÁVEL

Vários clubes podem já apurar-se, mas só o Gent pode consegui-lo como vencedor do grupo. O treinador Hein Vanhaezebrouck revelou: “Disse aos jogadores que este torneio está ao nível da Europa League e que temos de mostrar que estamos à altura das exigências”. O Maccabi Telavive é a equipa mais goleadora até ao momento e conta com um dos goleadores da prova. Conseguirão manter o ritmo? O Feyenoord continua em busca de ser uma das poucas equipas a ter no palmarés três títulos europeus diferentes, após os triunfos de 1970, 1974 e 2002.

 

LIGA EUROPA:

Quadro de jogos:

Grupo A:

LASK – Alashkert

Maccabi Telavive – HJK Helsínquia

Grupo B:

Gent – Partizan

Flora Tallinn – Anorthosis Famagusta

Grupo C:

Zorya Luhansk – CSKA-Sofia

Roma – Bodø/Glimt

Grupo D:

Randers – Jablonec

AZ Alkmaar – CFR Cluj

Grupo E:

Union Berlim – Feyenoord

Slavia Praga – Maccabi Haifa

Grupo F:

Lincoln Red Imps – Slovan Bratislava

PAOK – Copenhaga

Grupo G:

Rennes – Mura

Tottenham – Vitesse

Grupo H:

Kairat Almaty – Qarabağ

Omonoia – Basileia

 

Fase a eliminar
13 de Dezembro:

Sorteio do “play-off” da fase a eliminar
17 e 24 de Fevereiro:

“Play-off” da fase a eliminar
25 de Fevereiro:

Sorteio dos oitavos-de-final
10 e 17 de Março:

Oitavos-de-final
18 de Março:

Sorteio dos quartos-de-final e meias-finais
7 e 14 de Abril:

Quartos-de-final
28 de Abril e 5 de Maio: Meias-finais
25 de Maio: Final (Arena Nacional, Tirana)

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos