O País – A verdade como notícia

Torneio de Apuramento à BAL sorteado esta quinta-feira

Fotos: O País

Realiza-se esta quinta-feira, às 16h30, na sede da Federação Moçambicana de Basquetebol (FMB), o sorteio do Torneio de Apuramento às eliminatórias da Basketball Africa League (BAL), prova a decorrer de 4 a 12 de Setembro, em Maputo.

É já nesta quinta-feira em que será definido o emparelhamento dos duelos da fase de apuramento às eliminatórias da Liga Africana de Basquetebol, prova que contará com a participação de quatro equipas, nomeadamente, Ferroviário de Maputo, campeão nacional; Costa do Sol, vice-campeão nacional; Ferroviário da Beira, terceiro classificado; e Desportivo Maputo.

O vencedor deste Torneio de Apuramento irá representar o país nas eliminatórias a realizarem-se em Outubro próximo, na África do Sul.

Inicialmente, esta competição estava aberta a mais conjuntos, mas, devido aos custos de participação, ficou reduzido de resto. É que, para participar no certame, as equipas devem custear as despesas de alojamento, transporte e alimentação.

Com efeito, a Liga Moçambicana de Basquetebol, organizadora da prova, definiu que, na primeira fase, as quatro equipas irão bater-se num sistema de todos contra todos numa única volta. Já na segunda fase, o primeiro classificado defronta o quarto enquanto o segundo mede forças com o terceiro para se encontrarem os finalistas.

A final, será disputada num “play-off” a melhor de três jogos. Espera-se que o Torneio de Apuramento às eliminatórias da BAL seja competitivo e atractivo, até porque as equipas participantes se esmeram para conquistar o certame.

Há ambição de representar o país nesta prestigiada prova organizada pela FIBA e NBA, cujos investimentos agregam grande valor à mesma.

É neste sentido que Costa do Sol foi ao mercado buscar algumas referências da modalidade da bola ao cesto no país. Tais são os casos de David “Mano” Canivete, Luís “Lulu” de Barros, Ivan Machava, Octávio “Maguila” Magoliço, Ivan Machava e Klaus Bunguele.

Com estas contratações, os “canarinhos” ganharam algum equilíbrio e apresentam mais opções, porquanto o seu plantel é ainda composto por jogadores que, em 2019, ajudaram o clube a conquistar o vice-campeonato nacional: Nilton Seifane, Egídio Zandamela, Daniel Maveure, Francisco Braga e Danilo Langa.

Por sua vez, o Ferroviário da Beira, conjunto que, há dois anos, ficou em terceiro na Liga Moçambicana de Basquetebol Mozal, contratou o técnico espanhol Luiz Lopes.

Lopes conhece, e como, os cantos da casa, até porque conduziu os “locomotivas” a dois títulos nacionais em 2012 e 2014.

O Ferroviário da Beira assegurou, ainda, a contratação dos internacionais moçambicanos Orlando “Nando” Novela e Ermelindo Novela. Na sua estrutura, conta ainda com Elton Ubisse, Elves “Stam” Honwana, Ismael “Timo” Nurmamad, Ayad Munguambe, Edilson Tivane, Lote Tonela, entre outros.

É o objectivo do Ferroviário da Beira conquistar este Torneio de Apuramento às eliminatórias de acesso à Liga Africana de Basquetebol.

Já Ferroviário de Maputo aponta para a segunda presença na Liga Africana de Basquetebol, depois de, em Maio último, ter ocupado a quinta posição na edição de estreia ocorrida em Kigali, no Ruanda. Os “locomotivas” ficaram nos quartos-de-final da prova, tendo arrancado duas vitórias e igual número de derrotas.

Os campeões nacionais partiram para esta competição desfalcados de algumas das suas unidades que ajudaram a qualificar-se para a fase final, mas, mesmo assim, dignificaram o país e podiam até ter seguido para às meias-finais, não fosse a arbitragem tendenciosa e alguns erros cometidos nos momentos decisivos.

 

FMB SOLICITA ADIAMENTO DA FINAL DO “NUTRIÇÃO”

A Federação Moçambicana de Basquetebol solicitou, há dias, o adiamento da final do Torneio Nutrição da modalidade em seniores femininos, agendado para o próximo sábado, no pavilhão da Universidade Eduardo Mondlane.

Em comunicado enviado à Associação de Basquetebol da Cidade de Maputo (ABCM), a FMB justifica que tal se deve à necessidade de se priorizarem, nesta altura, os trabalhos da selecção nacional de basquetebol sénior feminino, tendo em vista a participação no “ Afrobasket” 2021, em Setembro, nos Camarões.

Esta posição do órgão-reitor do basquetebol moçambicano encontrou a ABCM em contrapé, uma vez que esta agremiação, em coordenação com o Instituto Nacional de Saúde, havia projectado para esta quinta-feira a realização de testes às equipas finalistas (Ferroviário de Maputo e Costa do Sol), assim como as envolvidas no jogo de atribuição do terceiro lugar (Maxaquene e A Politécnica) e árbitros e pessoal da mesa.

Inicialmente agendada para Julho, a final do Torneio Nutrição de basquetebol em seniores femininos foi adiada, a pedido do Ferroviário de Maputo que detectou alguns casos positivos da COVID-19 em alguns elementos ligados à equipa sénior feminina. Neste sentido, a direcção do Ferroviário de Maputo comunicou a ABCM que tratou de adiar o jogo decisivo para salvaguardar a saúde de todos os envolvidos na final, assim como cumprir o protocolo sanitário definido pelas autoridades.

Caso seja adiada a final do Torneio Nutrição, no pior dos cenários, somente será disputada depois do Campeonato Africano de Basquetebol, prova a decorrer de 17 a 26 de Setembro, em Yaoundé, Camarões.

A Associação de Basquetebol da Cidade de Maputo deverá dar o seu parecer nas próximas horas, tendo, naturalmente, em conta os compromissos já assumidos.

Lembre-se que a final do Torneio Nutrição de Basquetebol em masculinos teve como vencedor o Costa do Sol, conjunto que derrotou, na final, o Ferroviário de Maputo por 82-67.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos