O País – A verdade como notícia

Timbilando sonhos

Por: José Paulo Pinto Lobo

 

Ao Jorge Ferrão, inspirado em palavras suas

 

Esperanças grisalhas

Timbilando sonhos

Nas asas de um milhafre

 

Brancas nuvens

Dedilhando sonhos

No mshiro das deusas da Ilha

 

Juno nas plumas de um pavão

 

Mar esmeralda

Harpeando sonhos

Nos raios de um Índico sol

 

Vénus num manto de madrepérola

 

Esperanças grisalhas

Ainda são sinfonia

De sonhos de ventura vindoura

 

Lírios da grinalda de Spes[1]

 

 

Cascais, 9 de Dezembro 2021

[1] Na mitologia romana, Spes era a deusa da Esperança. A sua correspondente grega é Élpis, a única que permaneceu na caixa que Pandora recebeu dos deuses.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos