O País – A verdade como notícia

Tentativa de assassinato de ministro faz dois mortos no Uganda

A filha e o condutor do general ugandês, Katumba Wamala, foram mortos após desconhecidos terem disparado contra o carro onde seguiam. Wamala, actual ministro dos Transportes, foi ferido no braço.

Katumba Wamala, antigo chefe do exército no Uganda, ficou ferido e a sua filha, assim como o motorista morreram depois de quatro homens armados terem disparado contra o carro onde seguiam esta terça-feira, de acordo com a porta-voz do exército e relatos dos órgãos de comunicação locais.

A DW refere que o actual ministro dos transportes do Uganda foi atacado perto da sua casa, num subúrbio de Kampala, capital do Uganda, segundo adiantou à agência Reuters a porta-voz da brigada militar Flavia Byekwaso.

A tentativa de assassinato ocorreu no mesmo subúrbio onde, em 2017, desconhecidos dispararam contra um veículo que transportava Felix Kaweesa, um oficial superior da polícia. Kaweesa, foi morto ao lado do seu guarda-costas e condutor.

O Uganda tem assistido a vários assassinatos de altos funcionários nos últimos anos.

Entre as vítimas estão um legislador, o principal promotor público do país, líderes muçulmanos séniores, entre outros.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos