O País – A verdade como notícia

Temos campeonato até ao final

O Costa do Sol e a União Desportiva de Songo venceram os seus jogos e mantém tudo na mesma no que diz respeito a discussão do título nacional, enquanto na luta pela manutenção continuam os entra e sai na zona da despromoção. Caso para dizer que teremos campeonato até ao final
 
Os “canarinhos” continuam a fazer uma prova excepcional na presente edição do Moçambola, com horizonte no título nacional, voltando a vencer e a manter a distância em relação a União Desportiva de Songo, seu adversário directo nessa luta pelo título. Eva Nga voltou a dar gosto ao pé, com mais golo, fixando em 21 os remates certeiros, perante um Clube de Chibuto sem argumentos para contrariar a forte pressão do Costa do Sol, que assim passa a somar 60 pontos. Uma derrota que custou cara aos “guerreiros” de Gaza que assim descem para a zona da despromoção e já fazem as contas da sua manutenção.

Contas que também são feitas pelo Desportivo de Nacala, que com a derrota diante dos “hidroeléctricos” afundaram-se abaixo da linha d’água, com os mesmos 34 pontos do Clube de Chibuto. Uma vitória arrancada a ferro e fogo pela União Desportiva de Songo que só aos 93 minutos respirou de alívio, com golo de Telinho. Luís Miquissone falhou uma grande penalidade na primeira parte, redimiu-se na segunda parte, mas viu João restabelecer o empate que comprometia as aspirações da colectividade, valendo então o golo de Telinho para lá do tempo regulamentar.
 
Só o Maxaquene não sai da despromoção
Nessa luta pela fuga à zona da despromoção só os “tricolores” não conseguem sair, apesar da vitória diante do Ferroviário da Beira, a tangente, no jogo da 28ª jornada. O Maxaquene continua na 14ª posição, agora com 33 pontos, mas já há dois pontos de sair dessa zona negra, o que faz prever uma recta final frenética para os maxacas, nas duas últimas jornadas.

Quem saiu dessa zona é o Incomáti de Xinavane que foi a Maputo derrotar a Liga Desportiva de Maputo por claros 0-3, num jogo com três golos de encher o olho, nomeadamente de Wemba, Deco e Charly, duas expulsões para a Liga Desportiva de Maputo, nomeadamente Mapangane e Aguiar, e uma grande penalidade defendida por Milagre, guarda-redes dos “açucareiros”.

Ferroviário de Nampula também respira de alívio, depois de derrotar seu homónimo de Maputo, por 2-0, saindo da despromoção, passando a somar 35 pontos e já na 11ª posição.
 
O adeus do Baía de Pemba
Se o Têxtil de Púnguè confirmou a despromoção ainda na jornada passada, nesta jornada já conheceu a equipa que o acompanha na divisão secundária. Trata-se do Baía de Pemba, que nesta jornada perdeu diante do Desportivo Maputo, a tangente, ficando a 10 pontos dos lugares da manutenção, quando estão em disputa apenas seis pontos. Já os “alvi-negros” garantem praticamente a manutenção na prova máxima do futebol moçambicano.

O Moçambola 2019 vai ter uma paragem de duas semanas para dar lugar aos compromissos dos Mambas, tempo suficiente para as equipas reposicionarem-se na luta pelo título e pela manutenção.

 

Dom 10.11.19

Clube de Chibuto

0-1

Costa do Sol Maputo

 

5**0-1 EvaNga 55'

     

 

Dom 10.11.19

Têxtil do Punguè Beira

0-0

ENH FC de Vilankulo

 

Dom 10.11.19

Ferroviário de Nampula

2-0

Ferroviário Maputo

 

5**1-0 Zainal 20'pen. 2-0 Belito 49'

     

 

Dom 10.11.19

Baia de Pemba FC

0-1

Desportivo Maputo

 

5**0-1 Papi 41'

     

 

Dom 10.11.19

Maxaquene Maputo

1-0

Ferroviário da Beira

 

5**1-0 Danilo 70'

     

 

Dom 10.11.19

Liga Desportiva de Maputo

0-3

Incomáti Xinavane

 

5**0-1 Wemba 30' 0-2 Deco 43' 0-3 Junior 89'

     

 

Dom 10.11.19

Ferroviário de Nacala

1-0

Textáfrica Chimoio

 

5**1-0 Shelton 78'

     

 

Dom 10.11.19

Uniao Desportiva de Songo

1-1

Desportivo de Nacala

 

1-0 Luis Miquissone 80' 1-1 Joao 87'

 

 

1. Costa do Sol Maputo

60

18

6

3

47:

21

+26

27

 

2. Uniao Desportiva de Songo

52

16

4

5

39:

20

+19

25

 

3. Ferroviário Maputo

42

11

9

7

30:

20

+10

27

 

4. Ferroviário da Beira

42

11

9

8

32:

23

+9

28

 

5. Desportivo Maputo

39

10

9

9

30:

23

+7

28

 

6. Textáfrica Chimoio

39

11

6

11

21:

27

-6

28

 

7. Ferroviário de Nacala

38

11

5

12

27:

30

-3

28

 

8. ENH FC de Vilankulo

37

9

10

9

27:

29

-2

28

 

9. Liga Desportiva de Maputo

37

10

7

11

24:

30

-6

28

 

10.Incomáti Xinavane

36

9

9

9

26:

28

-2

27

 

11.Ferroviário de Nampula

35

9

8

11

33:

32

+1

28

 

12.Clube de Chibuto

34

10

4

14

28:

31

-3

28

 

13.Desportivo de Nacala

34

9

7

12

27:

32

-5

28

 

14.Maxaquene Maputo

33

8

9

11

28:

30

-2

28

 

15.Baia de Pemba FC

25

6

7

15

24:

43

-19

28

 

16.Têxtil do Punguè Beira

21

4

9

15

15:

39

-24

28

 

 

Partilhe

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos