O País – A verdade como notícia

Televisão por satélite chega a mais 2,5 milhões de moçambicanos  

O Presidente da República, Filipe Nyusi, dirigiu, esta sexta-feira, no posto administrativo de Cazuzu, província de Nampula, a cerimónia de conclusão do projecto de acesso à televisão por satélite. Assim, mais 2,5 milhões de moçambicanos passam a beneficiar desta iniciativa.

A televisão por satélite faz parte de uma acção da China, que abrange mil aldeias moçambicanas e outras 10 mil do continente africano. Visa complementar os esforços do Governo na garantia da inclusão digital, no contexto da migração digital em curso no país.

No seu discurso de ocasião, Filipe Nyusi lembrou que o projecto, iniciado em 2018, resulta do compromisso assumido em Dezembro de 2015 pelo Presidente da China, Xi Jinping, no Fórum de Cooperação China-África (FOCAC), realizado na África do Sul.

Segundo o Presidente da República, “assistir uma televisão é uma das formas mais produtivas de explorar o tempo, pois possibilita o acesso à informação, o que contribui para o exercício da cidadania, valorização da nossa cultura e línguas, promoção da inclusão social e desenvolvimento das comunidades”.

A entrega oficial do projecto pelo Governo chinês ao moçambicano obedeceu a assinatura de um certificado entre o ministro dos Transportes e Comunicações e o embaixador da China em Moçambique.

Houve ainda a entrega de um conjunto de televisores, descodificadores e outros equipamentos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos