O País – A verdade como notícia

Técnico de saúde detido por falsificar cartões de vacinação contra COVID-19

Foto: O País

Um técnico de medicina, afecto ao Centro de Saúde de Bagamoyo, na Cidade de Maputo, e uma estagiária de enfermagem-geral da mesma instituição foram detidos, indiciados de falsificação e emissão de cartões de vacinação contra a COVID-19. Com os indiciados, foram encontrados vacinas, álcool e cartões, material do Sistema Nacional de Saúde.

O técnico de saúde alega ter sido vítima de uma armadilha. “Sobre o assunto de cartões, posso dizer que sofri uma situação de armadilha, a Polícia interpelou-me e, depois, apresentou um conjunto de cartões, dos quais são apenas dois que eu conheço. Por isso, eu estou a dizer que isso pode ser uma armadilha a nível do meu local de trabalho, porque não faz sentido. Os cartões que estavam comigo tinham um timbre da minha unidade sanitária”, disse o técnico de saúde.

A estagiária diz que desconhece a origem do material, mas confirma ter contribuído na emissão dos cartões de vacinação.

“Alguém falou comigo, porque queria facilidades, mas eu disse que não trato esse tipo de documentos, ele continuou a insistir-me e eu acabei por falar com o doutor. O doutor negou dizendo que era perigoso, mas depois aceitou, fez os cartões e, quando íamos entregar, apareceu um pessoal da Polícia e prendeu-nos”, disse.

A Polícia diz que esta é a segunda vez em que recebe esse tipo de denúncias e lança um apelo à população.

“A Polícia desdobra-se no sentido de desmantelar estas redes que tratam de venda deste cartão de vacinação. Apelar à sociedade no geral de modo a prevenir a continuidade deste tipo de crime na sociedade.”

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos