O País – A verdade como notícia

Tanzânia detém 104 radicais na fronteira com Cabo Delgado

A Polícia da Tanzânia deteve 104 indivíduos suspeitos de estabelecer bases radicais no norte de Moçambique, onde  pessoas foram mortas, maior parte decapitada, em ataques de homens armados, desde ano passado.

Os detidos tentavam atravessar a fronteira para Cabo Delgado onde pretendiam estabelecer bases extremistas.

 De acordo com o jornal britânico, Reuters, em conferência de imprensa, o inspetor geral da Polícia, Simon Sirro, disse que, nos últimos meses, foi lançada uma operação policial na zona sul da Tanzânia contra os criminosos.

“Durante a operação, vários criminosos foram detidos, outros mortos. Alguns escaparam. Os que nos escaparam tentam atravessar a fronteira para Moçambique a fim de estabelecer bases terroristas. Após o interrogatório, eles confessaram que iam se juntar a grupos radicais em Moçambique”.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos