O País – A verdade como notícia

Tanucha e Tamara insuficientes para levar Kutxabanki aos “play-offs”

Kutxabanki Araski

As internacionais basquetebolistas moçambicanas Leia Dongue e Tamara Seda brilharam, ontem, mas não evitaram a derrota do Kutxabanki Araski diante do Durán Maquinaria Ensino, por 90-59, em jogo da 29ª jornada da Liga Endesa. Com a derrota, o Kutxabanki Araski está praticamente fora dos “play-offs” da competição.

Era ganhar ou ganhar. Para, no final, fazer as apertadíssimas contas de acesso aos “play-offs” dos quartos-de-final da super-competitiva Liga Endesa.

Polideportivo Mendizorrota era, por isso, literalmente, um palco infernal para o visitante e já qualificado Durán Maquinaria Ensino.

Leia Tânia do Bastião Dongue e Tamara Adelaide José Camacho Seda e toda armada do Kutxabanki Araski tinham que fazer das “tripas coração” para vencer o segundo de três decisivos jogos de acesso à “final four” da Liga feminina profissional de basquetebol espanhol. Em causa, e entra sempre nos registos, a 12ª vitória na fase regular e a sexta em casa.

Como era de esperar, e porque tem sido nota dominante, Tanucha conseguiu uma pontuação de dois dígitos numa semana em que podia, e com mérito, ter sido eleita melhor extremo-poste da Espanha. Não foi desta, infelizmente, mas também o troféu foi bem entregue a já certeza do basquetebol feminino espanhol: Irati Etxari.

Premiação à parte. No Polideportivo Mendizorrota, a valorosa basquetebolista moçambicana esteve perto de um duplo-duplo ao contabilizar 13 pontos e seis ressaltos dos quais quatro defensivos e dois ofensivos em 24:00 minutos na quadra.

Uma vez mais, consistência nos seus “targets”: 5 lançamentos de campo convertidos em 8 tentados (média de 62% de aproveitamento), 2 em 2 na linha de lances livres (100%) e 1 em 2 na zona dos 6, 75 metros (50% de aproveitamento).

Com a dorsal 42, Tamara Seda esteve igualmente próxima de arrancar “double double” ao contabilizar 9 pontos e 10 ressaltos (sete defensivos e dois defensivos) em 29:00 minutos na quadra (ndr: foi a jogadora mais utilizada).

A “boxe score” aponta para um bom aproveitamento nos lançamentos por parte da melhor ressaltadora dos “Afrobasket’s” 2019 e 2021. Seda concretizou 4 em 8 lançamentos de campo tentados (50% de aproveitamento) e 1 em 2 na linha de lances livres (50% de aproveitamento).

Com a derrota, o Kutxabanki Araski caiu da 9ª para a 12ª posição na tabela classificativa da Liga Endesa agora com 40 pontos e a luta para alcançar o TOP 8 que dá acesso aos quartos-de-final. Mesmo em caso de vitória na última jornada e, avaliar pela classificação, muito dificilmente entraria no Top 8 porquanto o Lointek Bizkaia (8ª classificado com 41 pontos e menos um jogo) está em melhores condições de chegar à fase a eliminar.

Domingo, Tamara Seda e Leia Dongue deslocam-se à La Fonteta onde terão pela frente o Valencia Basket, naquela que será a jornada da fase regular da Liga Endesa.

Esta temporada foi marcada por muitas lesões do lado do Kutxabanki Araski nas primeiras jornadas, cenário que condicionou bastante a equipa das internacionais basquetebolistas moçambicanas.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos