ALBINO MAGAIA, 75 ANOS 

Albino Magaia nasceu há, precisamente, 75 anos. Foi jornalista, um dos nomes estelares do nosso jornalismo. Quis ser médico. Era o seu sonho. A mãe sonhava para o filho a vida de pastor da Igreja Presbiteriana. No entanto, ele queria ter direito à palavra. Foi esse impulso que o levou ao jornalismo. Chegaria à redacção […]

AFIRMAÇÃO A TODO O CUSTO

Por Armando Artur Acontece um pouco por todo o lado, e de forma recorrente, o público leitor ser presenteado com peças textuais publicadas tanto nas redes sociais quanto na imprensa escrita. Para os que estão atentos ao fenómeno,  são artigos da lavra, invariavelmente, das mesmas pessoas, quer seja no Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, entre […]

Júlio

Por: Nelson Saúte   Ontem custou-me este exercício quotidiano e anotei apenas estas seis palavras: “Ano tremendo este. Vivemos tempos aziagos”. Fui deitar-me exausto de tanta morte que nos ronda. A manhã chegou depressa e eu quis fugir da cidade para o lugar onde moram as aves. Fatigado ainda procurei fazer uma sesta em dia […]

‘O rosto e o tempo’ de Armando Artur apresentado esta quarta-feira

O rosto e o tempo reúne textos de livros que Armando Artur lançou ao longo dos anos. Com organização do escritor Lucílio Manjate, a obra literária é editada pela Alcance Editores e será apresentada publicamente esta quarta-feira, pelas 17h, no Boske, Cidade de Maputo. A sessão de apresentação do livro O rosto e o tempo […]

Orlando Mendes (1916-1990), um mestre literário esquecido: obituário

Orlando Mendes (também Osvaldo Mossuril e Zeferino A. Nhacale), de nome Orlando Marques de Almeida Mendes, nasceu na Ilha de Moçambique, a 4 de Agosto de 1916, e morreu em 1990, em Maputo. Mendes foi um eclético escritor, tendo publicado poesia, romance, teatro, crítica literária, ensaios e infanto-juvenis. A sua imensa e diversificada produção literária, […]

Craveirinha homenageado pela Fundação Fernando Leite Couto

A Fundação Fernando Leite Couto homenageou o poeta da Mafalala numa sessão presencial, sexta-feira à noite, na Cidade de Maputo. A sessão contou com performances dos irmãos Willy e Aníbal, de Helena Rosa e Cândida Mata.   Se estivesse vivo, José Craveirinha teria completado 99 anos de idade, esta sexta-feira. Porque apenas partiu o homem […]

Era uma cidade de gente triste

Era uma cidade de gente triste, tristes até quando celebravam seja lá o que for, e esforçavam tanto a ser tristes, apesar da tristeza aguda que todos sentiam ninguém sabia ao certo do que tanto os entristecia, aliás, aquela tristeza era inconsciente, todos lamentavam-se e lamentação passou a ser uma forma de saudação, uns aos outros […]

Carta a Nelson Lineu

Por: Celso Muianga   Meu confrade Nelson Lineu, saúde!   Acabei de ler o teu último livro. Fiquei com a sensação imediata que não me devia calar. Sou, mesmo que não demostre a todos, um defensor da nossa geração, talvez o que digo a ti nem merecerá algum interesse de jovens e novos autores. E […]

Ao Guilherme Afonso, “todos precisamos de qualquer jogo”*

Comboio navio avião Há sempre um que nos deixa quando devíamos partir Há sempre um que nos leva quando devíamos ficar Guilherme Afonso   No dia em que a cidade de Maputo comemora 133 anos de existência, lembro-me de Guilherme Afonso: poeta, escritor e amante do cinema. Se estivesse vivo, hoje completaria 91 anos de […]